Trump e seus seguidores

O que mais me constrange é saber que muitos, mas muitos pensam como Donald Trump.
Jair Bolsonaro(PP) que se destaca pelos comentários machistas foi o deputado federal mais votado no Rio de Janeiro em 2014 nada mais nada menos do que 464 mil votos. Defende a pena de morte e se opõe ao casamento civil entre pessoas do mesmo sexo entre outra opiniões polêmicas e Luis Carlos Heinze(PP) que chegou a classificar, em sua fala, quilombolas, índios, gays e lésbicas como “tudo que não presta” foi o deputado federal mais votado  entre os gaúchos com 162 mil votos prova que a polêmica tem seguidores. Não que tenham que pensar como eu, mas saber que tantas pessoas comungam de opinião semelhante assusta.
Acompanho como muitos brasileiros a campanha americana, ainda que como telespectador sei que impacta diretamente e o quanto é importante estarmos atentos as decisões americanas. Vibrei com a vitória de Barack Obama e ali vi, como em tudo, que sempre há uma luz no fim do túnel. 
Mas especificamente esta campanha está peculiar. Assisti ontem ao debate e constatei que a baixaria só mudou de idioma - uma pena. Acredito que Hillary Clinton ganha essa eleição pois não tem como imaginar um governo de tamanha importância ser comandado por esse senhor. O próprio Trump cava sua cova, caso contrário poderia surpreender.
Sim, e aqui o motivo desta postagem, infelizmente entendo que muitas pessoas pensam como ele que, pela posição que ocupa e o dinheiro que tem, se permitem a falar o que pensam sem se preocupar com os outros - assim como os exemplos brasileiros que citei - esqueceu porém que para ser presidente dos EUA precisaria ponderar seus conceitos. Um detalhe que livra o mundo de uma catástrofe - minha torcida pelo menos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O primeiro mês do ano

Ontem (2016)

Apartidarismo