Roberto Carlos

Nem mesmo ele merecia isso...
Dos preconceitos, o racismo é dos mais indigestos, nefastos e repugnantes e como tal, impressiona quando uma manifestação pública expõe tal sentimento.
Segundo Ariovaldo Izac, Rússia e Ucrânia são uns dos países mais racistas do mundo, diferentemente do Brasil que classifica o preconceito racial como crime inafiançável, de acordo com a Constituição promulgada em 1989. Outro dado apurado por Izac dá conta que, em 2006 a Organização de Anistia Internacional já acusava os russos de omissão para crimes racistas, mascarando-os como atos de vandalismo. Em 2009, pelo menos 23 pessoas foram mortas e 98 ficaram feridas em ataques racistas na Rússia. Acredito que Roberto Carlos já sabia disso ou pelo menos os que estão ao redor dele devem tê-lo precavido.
O atleta não é, para mim, exemplo positivo, principalmente por suas atitudes ao longo de sua carreira a exemplo o que fez na copa de 2006 ainda assim, aprovo sua atitude em abandonar a partida. Pois é preciso sempre recriminar o preconceito em qualquer circunstância. Mesmo lá, onde sabidamente não gostam de negros, é importante que o mundo veja a discriminação como algo negativo e quem sabe, aos poucos os que tem essa visão - que não são poucos - se curvem a respeitar a essência das pessoas.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fim de Octo

O primeiro mês do ano

Ontem (2016)