"Só não estuda quem não quer"

Publicação Correio do Povo - 12/04/11 - pág 2
Por mais dífícil que seja o caminho, não devemos jamais desistir de nossos sonhos.
Gerou polêmica a frase de Dilma quando disse: “Só não estuda quem não quer”. De fato, num primeiro momento, compreendo os contrários uma vez que os percalços de figurar entre uma universidade pública são muitos e viver com baixos salários os governantes não sabem como é – ou fingem que não sabem.
Porém, não podemos ficar de braços cruzados esperando que façam algo por nós pois, só, e somente só, com o estudo é que mudaremos esse cenário e para isso, VONTADE é fundamental.
Por isso meu entendimento de que a presidenta teu razão. Existem alternativas interessantes para quem tem dificuldades financeiras: cursos à distância, financiamentos e cursos técnicos que encurtam o caminho colocando o estudante diretamente no mercado de trabalho são exemplos. Para quem quer entrar numa universidade pública, voluntários promovem cursinhos gratuitamente. Basta se informar e ir atrás.
Estamos atrelados a um modelo arcaico que nos impede de ver um mundo diferente. Enraizados em nosso “mundinho”, relutamos em sair da nossa cidade ou do nosso Estado com medo do novo e de vencer.
O mundo mudou, globalizou-se e está num momento promissor. Se não acordarmos para isso, seremos engolidos pelo marasmo reclamatório da mesmice cotidiana.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fim de Octo

O primeiro mês do ano

Ontem (2016)