Postagens

Mostrando postagens de 2011

Aos professores!

Parabéns a todos os professores, em especial a minha preta, e principalmente àqueles que honram e dignificam essa que, para mim, é a mais linda profissão. Um dia todos serão recompensados! Fraterno abraço!

Pesquisas, para quê?

Enquanto nossas decisões estiverem vinculadas a índices, algo está errado. Os intitutos de pesquisa tem papel fundamental para sociedade humana. Comportamentos, estudos científicos e teses, por exemplo, são embasadas, retificadas ou ratificadas com base nestes estudos. No entanto quando partimos para o campo político e da mídia sinto "cheiro de enxofre".  Vejamos um exemplo: no RS, a rádio X admite que 85% dos ouvintes ouvem sua emissora, fato que é retrucado e rebatido com veemência pela rádio Y. E olha, tem "cobras" nas duas emissoras. Será que em uma apenas 15% dos ouvintes acompanha? Afinal, quem está certo? Importa? Outro exemplo é na política: não raro o candidato apontado nas pesquisas ganha de fato. Afinal, era a preferência popular ou foi a pesquisa quem o elegeu? Seria interessante um pleito sem divulgação desses números. Votar em quem se quer e ponto. Não precisamos que um percentual nos diga qual candidato escolher. Não sejamos "Maria-vai-com-as-o…

Tonho Crocco

Imagem
Deu e está dando muito o que falar o clip do Tonho Crocco. Não entendo o motivo de tanta revolta e contrariedade. Não é mentira nem atingirá a conquista dos ilustres, tampouco impedirá suas reeleições ou próximas posições na vida pública. Não se preocupem, esqueceremos do episódio até o próximo pleito. Fica a música e o registro da vergonha que impera nosso Brasil varonil.

Seleção do descrédito

Isto não é nada...os porquês é que assustam. O futebol tem me enojado. Ainda que seja um colorado convicto, entendo que só na várzea os atletas respeitem e joguem pelo clube. Seleção brasileira, há muito tenho deixado de lado, ainda assim, em momentos distintos de jogos valendo algo, dedico-me a acompanhar como fiz hoje. Decepção? Nem tanto! Vejo ali "estrangeiros" contratados para se apresentar à mídia. Pouco importa o resultado e desempenho pois, suas vidas estão ganhas e não precisam disso. É repugnante imaginar, mas a situação permite alguns devaneios: -teriam eles querendo derrubar Mano Menezes por ser gaúcho assim como fizeram com Dunga sem lógico, deixar de registrar a responsabilidade dos respectivos treinadores? -ou seria uma guerra Ricardo Teixeira-Globo X Record desestimulando o interesse do cidadão à seleção uma vez que, nas Olimpíadas a exclusividade será da emissora de Edir Macedo? Devaneios... O negócio futebol se transformou em algo nefasto. Dos absurdos, imagino o q…

Mais de Marina...

Agindo pelo sonho...
Marina Silva tem se destacado muito no cenário político-social do país. É um dos poucos votos que não me envergonha revelar. Sua ideologia, pensamento e objetivos são extremamente verdadeiros, coerentes e humanitários. O PT pensou assim, o PV ídem e convenhamos, todos os partidos tem em sua essência ideológica, boas ideias; infelizmente, caminhos tortuosos representados nos interesses pessoais acabam por destruir princípios e valores de cada sigla. Quando relata em sua carta de desfiliação que "Queremos resgatar as motivações originais desse projeto, agora participando da construção de uma nova política efetivamente democrática, ética, ecológica, participativa, inovadora e conectada com os desafios e oportunidades que o século 21 nos impõe" imagino que nem precisamos de sigla alguma, mas sim, de pessoas como Marina.  Para fazer acontecer, basta FAZER!

Objetivos

Se realmente queremos, conseguimos. O caminho porém, é tortuoso e por vezes, incompreensível. Zero Hora deste domingo publicou uma curiosa matéria relatando o desempenho dos calouros no Congresso Nacional (pág 6) analisando em destaque Romário, Danrlei, Tiririca e Jean. Inegável que chegaram lá pelo que fizeram fora da política. Quem votou neles, sequer sabe o que e em quê vão sustentar seus mandatos. Marionetes dos partidos que representam e também, busca pela manutenção de exposição na vitrine televisiva. Mas há excessões, felizmente. Se por um lado vemos Danrlei e Tiririca "perdidos", Romário ganhando alguma projeção após declarada guerra à Ricardo Teixeira temos um Jean extremamente diferente, a começar pela sua formação: enquanto dois são ex-jogadores, um palhaço, Jean é jornalista e professor universitário. Mostrou Jean que conteúdo é a essência do ser e que muitas vezes precisamos engolir sapos (neste caso, participar do BBB) para conquista de um objetivo maior.

Roberto Carlos

Nem mesmo ele merecia isso... Dos preconceitos, o racismo é dos mais indigestos, nefastos e repugnantes e como tal, impressiona quando uma manifestação pública expõe tal sentimento. Segundo Ariovaldo Izac, Rússia e Ucrânia são uns dos países mais racistas do mundo, diferentemente do Brasil que classifica o preconceito racial como crime inafiançável, de acordo com a Constituição promulgada em 1989. Outro dado apurado por Izac dá conta que, em 2006 a Organização de Anistia Internacional já acusava os russos de omissão para crimes racistas, mascarando-os como atos de vandalismo. Em 2009, pelo menos 23 pessoas foram mortas e 98 ficaram feridas em ataques racistas na Rússia. Acredito que Roberto Carlos já sabia disso ou pelo menos os que estão ao redor dele devem tê-lo precavido.
O atleta não é, para mim, exemplo positivo, principalmente por suas atitudes ao longo de sua carreira a exemplo o que fez na copa de 2006 ainda assim, aprovo sua atitude em abandonar a partida. Pois é preciso sempr…

Pobre Falcão!

Sinto cheiro de enxofre no ar... Gosto muito do Falcão. Sempre gostei. Na mídia se tornou, para mim, o melhor comentarista do país. Entendia o jogo, traduzia-o com naturalidade e apontava oportunidades de melhoria, carências e outras malezas de dentro das quatro linhas. Mas o futebol não é só...futebol! Daí vem meu questionamento de seu rendimento como treinador. Recuso-me a crer que ele desaprendeu tudo o que sabia para justificar resultados tão pífios como os apresentados até então, mesmo com a ressalva de que na prática é diferente. O que percebo nisso tudo, é um grande desconforto de Falcão enquanto técnico. Trocando em miúdos: a política do clube fala mais alto: as vaidades, o poder, favores, etc. Esse é o cheiro fétido que sinto e que não é exclusividade do Internacional mas, é nele  que está representado no momento, a escória de nosso futebol arcaico fantasiado de modernidade as portas de uma copa do mundo ainda sem entender se isso de fato será bom ou ruim. Isso justifica verm…

Educar é preciso.

Se fala cada vez em educação. É preciso avançar porém, no estimulo ao querer ser educado. Há tempos em que a falta de instrução era meritória. Ainda hoje existem aqueles que se beneficiam dessa parcela da sociedade. Basta entender um pouco o porquê e como acontecem as coisas que envolvem nosso cotidiano para pensarmos e avaliarmos nossa posição como decisiva. Isso me motiva e sustenta a opinião de que, votar nulo, por exemplo, seja um erro. O que precisamos é de entender a política e concientizarmos o quanto fazemos parte dela. Hoje há uma carência técnica de profissionais que parece estar assustando até mesmo quem mais se beneficou dela. E dá-lhe estímulo ao estudo e qualificação. É urgente e vários métodos de ensino se intercalam e disputam a preferência dos líderes de instituições de ensino. Não existe método melhor ou pior, o que existe é o que funciona. A mídia como um todo tem mostrado o valor da educação e isso é extremamente positivo. Num mundo complicado de se viver e preocupante…

Os malefícios de ser concursado.

Desleixo, desatenção e desumanização. Ser concursado significa ganhar bem e só. O tempo é mesmo o senhor da razão.
Reclamamos muito do serviço público. Na educação, repartições públicas ou nos hospitais, por exemplo, salvo excessões, o atendimento deixa muito a desejar. Eu mesmo não entendia muito o por quê isto acontece. Com o passar dos anos ficou claro para mim uma triste realidade: Lutamos para conseguir uma vaga em qualquer órgão público, fazemos cursinhos, estudamos para aquela(s) prova(s) que dará independência financeira e estabilidade. Porém, o propósito, a função, aquilo o qual nos comprometemos é simplesmente ignorado. O que mais indigna é a falta de sensibilidade adquirida pelos concursados. Na educação, pouco importa se os alunos estão aprendendo ou não, suas críticas e opiniões são menosprezadas. Se um contratado se destaca, logo é execrado, ou se adapta tornando-se mais um ou é fatalmente posto para fora. Na saúde o efeito é mais nocivo pois o sentimento de compaixão é p…

Estrangeirismos

Please Mr. Governor, doesn't allow this law of Mr Carrion limit the enrichment of our language.

Afinal, O que é urgente?

O triste episódio na escola de Realengo impõe medidas urgentes. Das apresentadas, longe de tratar a raíz do problema. Dispensa comentar o ocorrido. Repugnante, inacreditável e obriga num primeiro momento, o poder público a agir. Mas será que só agora é preciso de um sistema de ronda escolar ou um grupamento da Polícia Militar que só patrulha as escolas? Detectores de metal, monitores qualificados e vigilância rígida? Ou seria obrigação desde sempre? Bom que pensem nisto - se o fizerem, melhor. Antes tarde do que nunca! Mas,  a raíz do problema, o bullying sofrido por este delinquente é que precisa de fato ser combatido, compreendido, identificado por pais e mestres em comunhão. Moral, valores, ética e respeito vem de berço e aí estamos pecando. Largamos nossos filhos à sorte na expectativa de que a escola cumpra um papel que é nosso. É certo que há importantes projetos que estimulam a aproximação dos pais aos institutos de educação mas é pouco. Talvez tenhamos que impor nossa presença at…

"Só não estuda quem não quer"

Imagem
Por mais dífícil que seja o caminho, não devemos jamais desistir de nossos sonhos. Gerou polêmica a frase de Dilma quando disse: “Só não estuda quem não quer”. De fato, num primeiro momento, compreendo os contrários uma vez que os percalços de figurar entre uma universidade pública são muitos e viver com baixos salários os governantes não sabem como é – ou fingem que não sabem. Porém, não podemos ficar de braços cruzados esperando que façam algo por nós pois, só, e somente só, com o estudo é que mudaremos esse cenário e para isso, VONTADE é fundamental. Por isso meu entendimento de que a presidenta teu razão. Existem alternativas interessantes para quem tem dificuldades financeiras: cursos à distância, financiamentos e cursos técnicos que encurtam o caminho colocando o estudante diretamente no mercado de trabalho são exemplos. Para quem quer entrar numa universidade pública, voluntários promovem cursinhos gratuitamente. Basta se informar e ir atrás. Estamos atrelados a um modelo arcaico…

Voltando às origens

Lojas Renner prestes a retomar importante nicho do mercado.
Empresa celebrou nesta segunda-feira contrato para a aquisição da cadeia de lojas Camicado. Um feito e tanto para quem tem na sua história, o bazar e a famosa lista de noivas mas, optou por deixar o segmento por não conseguir atender de forma plena. Se tudo der certo - a efetivação da compra dependerá de aprovação em assembleia extraordinária marcada para o dia 4 de maio - terá não só vigor, como independência e nome forte desvinculado a marca que hoje é sinônimo de confecção. leia+

Sarau Poético e Musical

Há certos eventos que devemos aprender a apreciar. Tive a feliz, e para mim, inédita oportunidade de assistir a um Sarau Poético e Musical protagonizado pelo  Clube Literário Jardim Ipiranga na última sexta-feira (25/03/11) no Instituto Dom Diogo de Souza. O evento conta com apresentações de declamações, poesias e música. Foi muito bom, agradável e singular assistí-los. Com certeza é uma atividade prazerosa e que devemos multiplicar e incentivá-la. O registro negativo ficou por conta de parte da pláteia (formada por alunos da escola) demonstrarem no mínimo, uma falta de respeito com os artistas saindo do recinto em meio as apresentações. Eu que fiquei até o final me envergonhei. Revelou o quanto temos que avançar no quesito educação. Estimular - pais e professores - a questão dos princípios e valores do cidadão. Muitos daqueles não tem ideia do que fizeram, o que é lamentável. Dito isto, quero parabenizar os integrantes do Clube e divulgo aqui o serviço de parte das próximas apresentações…

Seguro-desemprego

Novas medidas revelam que trabalhador precisa é de trabalho. As regras impostas para o pagamento do seguro-desemprego no país despertaram polêmica e ira de parte da população economicamente ativa. Para se habilitar ao benefício, o trabalhador precisa participar de um processo seletivo indicado pelo Sistema Nacional de Emprego. Caso venha a recusar a vaga, o seguro somente será pago se o Sine aceitar as justificativas do trabalhador. Inibir fraudes é a principal justificativa. Na verdade, precisamos de mão-de-obra em diversas áreas, por outro lado, a qualificação deficitária preocupa quando olhamos para o futuro a curto prazo. Concordo e aprovo a intenção de recolocar o cidadão desempregado imediatamente ao mercado de trabalho, uma alternativa diante do impasse caso não haja uma vaga no momento e este não vá para o mercado informal, seria seu ingresso a programas de reciclagem em sua área de atuação ou até mesmo profissionalização dentro da aptidão de cada profissional através de cursos g…

Ronaldo

Uma carreira com todos os ingredientes de um 'fenômeno'. Nazário foi mesmo um fora de série e sua decisão de parar com o futebol, estratégica e providencial na minha modesta opinião. Sou contra esses retornos 'apaixonados' de craques em fim de carreira ao Brasil. Vejo isso como um oportunismo descarado que raramente dá certo. Funciona para o marketing do clube, enche estádios nos primeiros jogos mas de concreto, resultado que é bom, pífio! No caso de Ronaldo, não há como negar sua contribuição para o país mas, seu comportamento fora dos gramados ainda que eu não tenha nada a ver com isso, deixa cicatrizes. Até sua desculpa debruçando-se no hipotireoidismo é questionável. Segundo o médico João Zanini, Ronaldo poderia ter tratado doença sem risco de doping. e convenhamos, criticar a imprensa sobre os comentários em relação a seu peso é, no minimo, leviano. Ora, não se tinha essa informação na ocasião e se foi mesmo, qual seria o problema em dizer a mídia? Mesmo assim, fico …

Emprego

Imagem

Mercado de Trabalho

Uma constatação do IBGE positiva e imperativa. O emprego no país cresceu, em oito anos, mais entre pessoas com maior nível de escolaridade, com isso, crescem em 60% as vagas para os escolarizados. É boa a notícia, sem dúvida, mas revela uma dado obscuro: muito mais do que candidatos, as empresas precisam - e não tem como criticá-las por isso - limitar o número de proponentes à vaga.  Diariamente, só em Minas Gerais, por exemplo, 300 solicitações de carteiras de trabalho são feitas. Imaginem se as empresas não exigirem uma escolaridade mínima? Quantos bateriam as portas das empresas? Com isso, estudar, é a grande saída, não só por esse motivo mas, principalmente pela carência que o país atravessa de profissionais qualificados evitando assim que percamos oportunidades de negócios tanto o Brasil, como nossa gente.

A mesma história de sempre

Não somos franceses nem argentinos. Nosso poder de indignação não passa de uma marola.
Todo ano é a mesma coisa. IPTU, IPVA, IPTudo pra pagar e claro, aumento de preços. Não fazemos nada e isso que mais fascina os poderosos no Brasil. Agora leio que os estudantes de Porto Alegre já começaram a se mobilizar contra o provável reajuste da passagem de ônibus. No que vai dar isso? Resposta: Aumento de preço na passagem de ônibus em Porto Alegre. Simples assim.
Somos o país tropical, abençoado por Deus e bonito por natureza, não combina conosco conflitos como fazem Argentina ou na França. Por aqui, quando acontece algo é motivado e idealizado por políticos mal intencionados.
Falta educação, moral, interesse nas questões cruciais da sociedade e vergonha na cara para entendermos e enxergarmos a força que temos se nos unirmos de verdade.

Dinheiro acima de tudo.

Sou colorado, torcedor e acompanho a dupla Grenal, especialmente sempre mas, o mundo do futebol é mesmo surreal e deve ser encarado tão somente como entreterimento. Os casos Ronaldinho Gaúcho e Jonas provaram que é assim que tem de ser. Palavras não valem mais nada. Perguntem a Assis. E romantismo, apego a instituição, respeito ao torcedor, pra quê? Lógico que os 'micos' do Grêmio tem muito haver, na minha opinião, com ingenuidade, despreparo e, no caso do Jonas, descaso. Acreditaram que um amava o clube e que o outro estava em 'casa'. A imprensa faz de tudo para equilibrar as duas instituições mas é inegável que, no aspecto gestão o Internacional está anos-luz a frente. O que não quer dizer absolutamente nada quando a bola rolar de verdade mas os fatos falam por si. Que venha a Libertadores.

Aonde estamos indo?

O que mais é preciso acontecer para percebermos o quanto estamos destruindo o que é nosso? A tragédia no Rio de Janeiro é muito triste, impressionante e assustadora. A ação do tempo nos deixa totalmente impotentes e sem alternativas. Ainda assim, sabemos que, se tivéssemos um comportamento diferente e uma preocupação maior pela natureza, os números desse absurdo seriam bem menores. E aqui bato na tecla a qual defendo. Educação é a base de tudo. Percebam o lixo que vem à tona nessas enchentes, aconteceria tanta tragédia se os esgotos funcionassem? Isso é só um exemplo. Os governantes tem sua parcela de culpa mas quem faz o dia-a-dia e movimenta o PIB do país? Infelizmente quem não tem acesso a informação - outra meia-verdade nos dias hoje - limitado em sua ignorância, não percebe que atitudes como essas volta-se contra si e quem tem o privilégio da cultura formal, enclausura-se em seus condomínios de cercas elétricas como se só eles fossem importantes. Porém, assim como um precisa do outro,…

Administração no esporte

Das novidades de início de ano no esporte, fico com a do Internacional. Ousada, inteligente e precursora em termos de Brasil.
Sei que o assunto principal por aqui é aonde vai jogar Ronaldinho Gaúcho e isso, acho que nem Assis sabe. Enquanto isso, bem perto do Olímpico, o Internacional de Porto Alegre efetiva sua contratação: apresentou à imprensa o CEO do clube. Aod Cunha, economista ex-secretário estadual da Fazenda do governo Yeda Crusius o qual chega em projeto pioneiro do clube gaúcho na tentativa de profissionalizar os processos de gestão. O cargo, que em português pode ser traduzido como 'executivo-chefe', é novidade no futebol brasileiro.
É para mim uma das melhores notícias dos últimos tempos. Espero que Aod tenha a paciência para suportar todos os percalços que certamente irá enfrentar nesta jornada, pois competência já mostrou de sobra que tem e acredito que será um belíssimo exemplo para que outros clubes, de todas as séries, entendam o quanto é importante e recompens…