O exemplo francês

Notícia de hoje:
Parlamento francês iniciou nesta terça (07) o debate sobre os planos do governo para reformar o sistema de aposentadorias e elevar de 60 para 62 anos a idade mínima para obter o benefício. O ministro do Trabalho, Eric Woerth, disse aos legisladores que a reforma é urgente já que o sistema de pensão perde muito dinheiro com o aumento da expectativa de vida desde 1983, quando o sistema vigente foi implementado. "Se não fizermos a reforma amanhã, não poderemos salvar [o sistema]", disse Woerth aos parlamentares. Leia +
Polêmico, mas, justificável a mudança proposta pelo governo francês mas que cabem duas observações:
1° - A medida surge com escalonamento bem mais civilizado do que no Brasil.
2° - Não está nada decidido, os parlamentares devem votar na próxima semana, mesmo assim, 1,1 milhão de pessoas foram às ruas do país em uma greve geral contra a mudança.
Poder de indignação, politização e participação ativa nas decisões políticas mostram o quanto ainda devemos avançar nesse campo caso contrário, continuaremos a ver "postes" liderando pesquisas, humoristas, cantores e ex-qualquer coisa se candidatando e nada, absolutamente nada em prol do desenvolvimento sendo de fato resolvido.
Viva a balbúrdia, em 2014 a copa é no Brasil! Meu Deus!!!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fim de Octo

O primeiro mês do ano

Ontem (2016)