Jornal impresso

Não vejo nem imagino o fim da mídia impressa. É prazeroso, agradável e indescritível 'tocar' em um jornal, sentir o cheiro da tinta e ler, no papel, notícias e opiniões.
O mundo mudou, e a tecnologia, gradativamente vai mudando hábitos e conceitos. A internet simplesmente revolucionou os contatos e o acesso a informação.
Navegando na web, deparei-me com a notícia: 'New York Times’ anuncia fim de sua edição impressa'.
Argumentos não faltam para justificar tal decisão, o financeiro é o motivo mais sensível e determinante para a medida.
O tema é polêmico e remete a várias teorias. Particularmente, não creio no fim do jornal impresso mas sim, numa adaptação. É preciso entender o que está acontecendo e, apartir disso, mudar o rumo. Vejo ainda como fundamental a mídia impressa. Opinião, análises num "documento palpável" insubstituível que jamais acabará.
O New York Times pode estar se precipitando com essa ideia e tende a deixar um nicho a concorrência para posteriormente, numa corrida atrás do prejuízo, recuperar seus leitores.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fim de Octo

O primeiro mês do ano

Ontem (2016)