Só para brancos

É preciso entender, acima de tudo, o que se passa pela cabeça do homem...
A cidade de Augusta, nos Estados Unidos, estaria encabeçando a criação da All-American Basketball Alliance (Aliança de Basquete para Todos os Americanos), uma liga de basquete apenas para jogadores norte-americanos e brancos, que contaria mais 11 cidades que enviariam um time. leia+
Essa notícia realmente me deixou perplexo. Quando imaginamos que nada há mais para acontecer, eis que surge o inusitado.
"Não há ódio no que estamos fazendo. Não odeio as pessoas de cor. Mas agora as pessoas brancas nascidas nos Estados Unidos são minorias", declarou Don 'Moose' Lewis, defensor da ideia.
Num primeiro momento ridicularizei, ri e entendo não ter a menor possibilidade de ser aprovada.
Já em última análise, percebo que esses cidadãos brancos estão sentindo algo que o negro sentiu por séculos e ainda hoje, sutilmente, sentem e não tem paciência por isso agem com repulsa e indignação ao que o negro sempre foi submetido.
Esse sentimento é bom para aprenderem o que significa ser marginalizado, posto sempre ao segundo plano ou preterido pela cor da pele.
Que o fato fique nesse patamar: como uma simples notícia que gerará discusões e reflexões e sirva de lição para que entendamos de vez que somos na verdade todos irmãos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fim de Octo

O primeiro mês do ano

Ontem (2016)