Postagens

Mostrando postagens de 2010

Reajuste

73%: imoral? absurdo? Não! É pura e simplesmente reflexo de uma nação que adora levar vantagem em tudo.
Por 36 votos a favor e 11 contrários, os deputados gaúchos aprovaram nesta terça-feira o reajuste dos próprios salários, com índice de 73,3%. A partir de 1º de fevereiro de 2011, o vencimento do parlamentares, que hoje é de R$ 11.564,76, ficará fixado em R$ 20.042,34.
Há os que defendem e como se viu, entre os deputados, a maioria pensa assim. Eu mesmo gostaria de aumentar o meu salário no entanto, embora gostasse, não teria "cara de pau" de solicitar esse índice.
Dos absurdos, esse é o que menos me impressiona. No dia-a-dia vangloriamo-nos quando o operador de caixa ou o trocador do ônibus se engana no troco e dá a mais, recebemos o seguro desemprego mesmo já trabalhando em outro sem carteira assinada, quando sem precisar nos inscrevemos num bolsa-qualquer coisa, ou ainda mesmo podendo pagar insistimos em colocar nossos filhos na UFRGS entre tantos outros exemplos que mostra…

Administrando Solidariedade

Imagem
Um belíssimo projeto social. Aprendi a planejar, elaborar, o quão importante é a participação das pessoas e a executar. Acima de tudo, entendi que o fato gerador dessa ação está totalmente vinculado à Educação, especificamente à falta dela. A excelente turma do curso Técnico em Administração (ADM 1B 2010) do Intituto Dom Diogo - Poa, RS, a qual participo com orgulho, concluiu nesta tarde a primeira etapa do projeto Administrando Solidariedade que distribuiu roupas, brinquedos e alimentos à comunidade carente da Ilha dos Marinheiros. Do planejamento à execução pesquisas, análises e discussões determinaram as diretrizes do processo como um todo e o saldo foi plenamente satisfatório pois, confrotamos teoria e prática e cada um pode tirar suas próprias conclusões. Por outro lado, o social, verifiquei alguns pontos interessantes. Por exemplo:
• Pouquíssimos agradeceram; • Muitos entravam na fila mais de uma vez; • Alguns escolhiam e até esnobavam nossas opções de brinquedos, muitos novos; …

Votar, acima de tudo.

Há momentos em que o voto representa muito mais que uma simples escolha. Escrevi em 17/abr/2010:
"...Não mudei de opinião: neste ano não votarei nem em Dilma, tampouco em Serra. Mas a tendência sugere ser bem possível imaginar, nesses dois, um segundo turno.
A menos que Marina Silva ou algum outro candidato surpreenda, ou ainda se o povo também conhecido como eleitor, quiser mesmo mudar o país
". Que situação! Na ocasião, imaginava um cenário diferente. Atuações e embates com Aécio Neves, Cristóvão Buarque e Marina Silva que ficou sozinha e, mesmo assim, fez bonito. Previ o segundo turno mas teimava em não acreditar. A dúvida e a dificuldade em escolher um nome foi enorme e desgastante mas, a consciência que tenho de que é extremamente importante votar não permitia anular o voto. Não tenho problema algum em mudar de opinião. Sigo minhas convicções e isto fez com que decidisse por um deles o que ocorreu na última quinta. Digo isto para fortalecer a importância do sistema democrático…

Pseudo-Democracia

De mudanças bruscas, Ditadura e Democracia no Brasil são tão diferentes que parecem iguais.
Ainda que o Direito Administrativo seja reflexo de uma consciência histórica democrática para, por exemplo, conter os abusos do poder dos governantes entre outros, seu exercício ainda não demonstra essa capacidade total.
Comemorou-se como nunca há 20 anos o fim do Estado Ditatorial e a adoção da Democracia como regime político em nosso país. Liberdade de expressão, participação popular e acesso ao poder era o sonho dourado de muitos acostumados a ouvir calado. Mas o processo de mudança ou ainda está em maturação ou nossa gente não entende o que de fato representa.
Não sei nem imagino o que seria do nosso país se o regime ditatorial perdurasse. Há os saudosistas que dizem ser o ideal entre eles, percebemos várias vertentes de ideologias em prol de seu retorno absoluto. Por outro lado, é pela democracia que conseguimos ter uma análise concisa sobre um estado e outro de direito através da qual podemo…

O político que eu quero

O representante ideal do meu país deve entender que o mais difícil na vida, é fazer as coisas de forma simples, sem rodeios e sem firulas. O político que eu quero não precisa ser professor, basta entender que esse profissional precisa de respeito e valorização. Pouco me importa se foi torturado ou preso no passado desde que consiga avaliar suas atitudes daquela época. Não precisa ser advogado, mas deve ser justo e sensato em suas decisões. Tampouco especialista em marketing no entanto, convém divulgar seus pontos positivos e a forma inteligente que colocará suas ideias em prática. O político que eu quero não precisa ser economista mas deve saber que a base que sustenta qualquer instituição é uma saúde financeira estável. Não exigo que seja médico desde que não dê as costas para os problemas da saúde pública. Ter sido empregado doméstico não é pré-requisito desde que entenda que todas as profissões são necessárias e merecem respeito. Sua religião não importa pois nenhuma quer o mal de seu seme…

O exemplo francês II

Imagem
Correio do Povo, edição de hoje.

Jornal impresso

Não vejo nem imagino o fim da mídia impressa. É prazeroso, agradável e indescritível 'tocar' em um jornal, sentir o cheiro da tinta e ler, no papel, notícias e opiniões.
O mundo mudou, e a tecnologia, gradativamente vai mudando hábitos e conceitos. A internet simplesmente revolucionou os contatos e o acesso a informação.
Navegando na web, deparei-me com a notícia: 'New York Times’ anuncia fim de sua edição impressa'. Argumentos não faltam para justificar tal decisão, o financeiro é o motivo mais sensível e determinante para a medida. O tema é polêmico e remete a várias teorias. Particularmente, não creio no fim do jornal impresso mas sim, numa adaptação. É preciso entender o que está acontecendo e, apartir disso, mudar o rumo. Vejo ainda como fundamental a mídia impressa. Opinião, análises num "documento palpável" insubstituível que jamais acabará. O New York Times pode estar se precipitando com essa ideia e tende a deixar um nicho a concorrência para posteriorme…

O exemplo francês

Notícia de hoje:
Parlamento francês iniciou nesta terça (07) o debate sobre os planos do governo para reformar o sistema de aposentadorias e elevar de 60 para 62 anos a idade mínima para obter o benefício. O ministro do Trabalho, Eric Woerth, disse aos legisladores que a reforma é urgente já que o sistema de pensão perde muito dinheiro com o aumento da expectativa de vida desde 1983, quando o sistema vigente foi implementado. "Se não fizermos a reforma amanhã, não poderemos salvar [o sistema]", disse Woerth aos parlamentares. Leia + Polêmico, mas, justificável a mudança proposta pelo governo francês mas que cabem duas observações: 1° - A medida surge com escalonamento bem mais civilizado do que no Brasil. 2° - Não está nada decidido, os parlamentares devem votar na próxima semana, mesmo assim, 1,1 milhão de pessoas foram às ruas do país em uma greve geral contra a mudança. Poder de indignação, politização e participação ativa nas decisões políticas mostram o quanto ainda devemos …

Um "poste" de carne e osso.

O medo de Lula é complicar um pleito praticamente definido... Lula criticou o uso de suas imagens no programa de Serra. Leia + Esse sentimento se justifica pelo significado desse ato. Vejam o que era Dilma antes e depois. Continua uma marionete, mas com o pedido público de Luís Inácio, vê nas pesquisas seu nome em uma posição sequer imaginada. Certa vez foi dito que até um poste se elegeria com o apoio do ilustre petista. Me espantei na época achando ridícula a comparação. Vejo hoje que não é. O fenômemo corrente mostra a força de um programa popular (bolsa-disso e daquilo), de carisma singular e um discurso que, transformado, acabou no esquecimento. É tão forte, que a simples imagem dele transmitida no programa de José Serra pode parecer para os "companheiros" um pedido voto ao tucano. Aquele Lula do passado que tinha apoio de Luciana Genro, Marina Silva, José Fortunatti, Chico Alencar, Cristóvão Buarque, Heloísa Helena e tantos outros é o que define de verdade um ideal o qual s…

Praticar a lei é possível?

Lindo na teoria, mas na prática... As empresas poderão ser proibidas de negar vaga a quem reivindique emprego, sob a alegação de que o candidato está incluído em algum cadastro de inadimplência. Projeto do senador Paulo Paim (PT-RS) com essa finalidade foi aprovado pela Comissão de Assuntos Sociais (CAS), em decisão terminativa.
A comissão também aprovou projeto (PLS 70/10) da senadora Marisa Serrano (PSDB-MS) que assegura dedução de encargos sociais a empresas que contratarem ex-presidiários. Leia +
Estão aí dois exemplos extremamente positivos mas que pouco ou nada mudará o que de fato acontece. Há "séculos" sabemos que as empresas consultam os candidatos quanto a seu comportamento no mercado econômico e, em muitos casos, esse motivo determina sua eliminação o qual, até por constrangimento, nunca é revelado ao inocente e assim continuará, entendo. Mas não temos como saber se as empresas, por força de uma lei, não mais farão tal consulta. Isso é algo que realmente nunca entendi…

Empreendedor Individual

Uma informação que vale a pena multiplicar.
O Empreendedor Individual é a pessoa que trabalha por conta própria e que se legaliza como pequeno empresário. Para ser um empreendedor individual, é necessário faturar no máximo até R$ 36.000,00 por ano, não ter participação em outra empresa como sócio ou titular e ter um empregado contratado que receba o salário mínimo ou o piso da categoria.
A Lei Complementar nº 128, de 19/12/2008, criou condições especiais para que o trabalhador conhecido como informal possa se tornar um Empreendedor Individual legalizado.
Entre as vantagens oferecidas por essa lei está o registro no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ), o que facilitará a abertura de conta bancária, o pedido de empréstimos e a emissão de notas fiscais.
Além disso, o Empreendedor Individual será enquadrado no Simples Nacional e ficará isento dos tributos federais (Imposto de Renda, PIS, Cofins, IPI e CSLL).
Pagará apenas o valor fixo mensal de R$ 57,10 (comércio ou indústria) ou R$ …

O contraditório continua...

Da série morro e não vejo tudo:
Já circulam pelas ruas de Maceió os carros de som com o jingle da campanha de Collor de Melo, candidato a governador.
Trecho da música:
“É Lula apoiando Collor, é Collor apoiando Dilma pelos mais carentes, e os três pelo bem da gente”.
Confira! Compreendo que só vota quem quer, também entendo que, na política e pelo poder tudo pode.
Mas, pela história do PT, pelo histórico de Lula, tudo isto me soa muito estranho a ponto até de questionar se vale mesmo a pena, perder a identidade...

Eleições

Imagem

A procura do candidato perfeito.

Votar é procurar agulha no palheiro. Por mais que se procure, às vezes, tenho a impressão que não existe agulha alguma... Enquete no ar no blog de Políbio Braga:
Você acha, como quer Raul Pont e o PT, que o PMDB do RS deve apoiar Dilma ?
( )Sim, claro. É decisão nacional. Tem que respeitar.
( )Não. O PMDB do RS tem personalidade própria.
Eis o porquê não tenho, nunca tive e não voto em partido. Onde está a ideologia? As convicções? Entendo e não questiono as coligações pois são, acima de tudo, necessárias. Mas o Brasil extrapola e deixa o eleitor simplesmente sem rumo. O antagonismo que se vê até mesmo dentro dos estados são absurdos e me fazem crer que unicamente o que importa é o PODER de qualquer forma. Jamais deixo de votar, o faço sempre mas, me recuso a seguir uma linha partidária. Até porque não teria como acompanhar o processo todo diante de tantas mudanças de credo e pensamentos. Voto sim, no indivíduo, buscando de forma incessante alguém coerente, reto e polido sem ser radical. Abert…

Dunga

Dunga não se preocupa em pôr a cara a bater. Mas o episódio onde é protagonista, revela muito mais do que um atrito imprensa-treinador. O técnico e a mídia tem lá suas razões. Ambos cometem excessos e as copas passadas mostraram muito isso. Quanto a Dunga, parece-me que sua intransigência prejudica em muito, ele próprio. Mesmo Felipão soube usar do bom senso para impor suas convicções. De certo é que a mídia precisa se reinventar e parar de achar culpado em tudo. Até porque a política por trás está imperando. Episódio de um passado recente entre Ricardo Teixeira e a Globo, por exemplo, contribuem para que o senhor presidente cruze os braços. Não que eu ache que o cartola deveria intervir, pois entendo como extremamente satisfatório a autonomia dada nas questões do futebol a Dunga. Digo isto, porque, sabendo do histórico, se quisesse e entendesse preciso, demitiria o treinador em meio ao torneio sem ressentimentos. O que vai dar esse caso todo, acho que nem Deus sabe. Cabe a nós mortais, as…

Conceitos e preconceitos II

Imagem

Conceitos e preconceitos

Existe luz no fim do túnel e é possível sempre, acreditar num mundo melhor.
Hiltor Mombach é editor de esportes e está em mais uma empleitada dessa vez na África.
Seu primeiro dia foi extremamente peculiar onde a experiência que passou faz com que acreditemos acima de tudo, nas pessoas. Reproduzo:

PRIMEIRO DIA
Sol e temperatura de 9 graus nos esperavam em Johanesburgo. Eram 7h. Desembarcamos com malas, conceitos e preconceitos.
John Lukacs tem uma visão diferente sobre preconceito, no sentido literal, pré+conceito. A questão básica é que vamos formando conceitos e nos apegamos a eles. Que conceito, ou pré+conceito, eu carregava dos africanos? O das notícias, não as de agora, quase sempre ruins. Li, dias atrás, sobre um assalto na África do Sul. Como se os assaltos fossem uma mazela dos africanos. Em Porto Alegre, assalta-se na Rua da Praia ao meio-dia. Rouba-se no Rio, em São Paulo, em Tóquio, na Alemanha...
Falo sobre isto para relatar um episódio. Fui a um supermercado que fica perto de o…

Esse Inter...

Dessa vez o agora ex-treinador conseguiu fazer com que seu time perdesse. Quem vem, trará novidades? Pensará diferente?...Pensará? Estou ainda tentando entender o que aconteceu no Rio de Janeiro. Vi um Inter com um bom toque de bola e dois gols de Andrezinho que é um dos mais aplicados e empenhados do elenco atual. Pensei então que não tinha como sequer, empatar com o Vasco, e eis que, contra todos os prognósticos, o glorioso ex-treinador do Inter dá uma forçinha pro Roth.
Não critico a direção nesse episódio pois aplaudi a vinda de Fossati e seria cômodo agora, acusar Píffero e Carvalho.
Mas o tempo mostrou que não é treinador para o Inter. É bom de Libertadores, e só. Penou no Gauchão, e pela mostra no brasileiro seria um terror.
Tomara que não seja tarde demais, pois quero a América, o Brasil e o mundo e vejo como única e urgente necessidade tão somente de um centro-avante “matador”, um “Nilmar” que defina e resolva. Pode até ficar fincado na área, desde que, quando receba a bola, saiba…

Casa própria

Fico pensando o que é preciso para conseguir finalmente minha casa própria. Talvez por fogo no barraco de vez em quando, aproxime esse sonho da realidade. Humberto Goulart, diretor do Demhab informou semana passada que estão sendo construídas 181 casas na avenida Protásio Alves, 9099 onde serão transferidas famílias da vila Chocolatão. Casas com dois dormitórios, sala, cozinha, banheiro, pátio e infraestrutura básica (redes de água, luz, esgoto e ruas pavimentadas). Dignidade para um povo sofrido ao qual todo cidadão de bem deveria ter direito. Tenho lutado há anos para também realizar esse sonho e vários fatores impedem-me de solidificar essa ideia. Nada contra essa gente que terá enfim, um lar. Principalmente se sua maioria aproveitar, de verdade, a oportunidade que estão tendo. Minha crítica a isso é que, pelo histórico, imagino que 70% das famílias venderão suas propriedades a preço de banana, 10% encontrarão defeitos nas construções e concluirão que seu novo endereço é "longe d…

Má comparação

A comparação que estuprou a verdade é um insulto a Mandela O texto que você pode conferir na íntegra clicando no link acima traduz com lucidez a grande bobagem do PT de tentar fazer de Dilma uma líder. Não é, nunca foi e jamais será. Na melhor das hipóteses seria uma excelente economista que conduziu com certa maestria a casa civil. Ter iniciado sua história no PDT atenua seu papel político. No entanto, seu passado traduz e escancara sua real ideologia e leva crer que o papinho de agora falando de educação é pura demagogia. Vale muito a pena ler o que diz Augusto Nunes. Pode ser um alerta, um aviso ou até mesmo para muitos, uma revelação. Não deixem de votar mas, vejam bem em quem depositar importante confiança.

Gauchão

Parabéns, como bom perdedor, saúdo os azuis! O título que Grêmio ganhou ontem foi merecido. Melhor campanha, bom rendimento tático e técnico ainda que, como colorado, digiiro tal situação de forma reticente. Na verdade esperava bem mais do meu time. Garra, empenho, vontade, volume de jogo e tudo o que pode ter - e deve - um grande time. Afinal, os gastos são de um "dream time". Começou mal, para mim, o Inter deveria disputar o regional todo com o time B pois a prioridade sempre foi a Libertadores. E, quando não mantemos foco total nem A, nem em B o risco de ficar sem os dois fica exposto. O primeiro já foi. Como consolo, fica uma atuação um pouco mais vistosa e a presença de Pato que começa a dar justificativas do salário que ganha. Não sei se o Inter reverte quinta embora entenda ser mais fácil que o Grenal, mas minhas esperanças de ser campeão brasileiro estão, no momento, minimizadas, quase inexistente. É esperar para ver. De cara, tem o Cruzeiro...

SUS

Sucateado, desorganizado e totalmente desacreditado. É o que mais ouvimos do Sistema Único de Saúde que o presidente Lula afirma estar indo bem...talvez no Acre! Semana passada, minha esposa tentou utilizar os serviços do SUS, afinal, há anos contribuímos com 8% e 9% dos nossos salários. Sabíamos que poderia demorar o atendimento, que talvez não fossem tão simpáticos e que veríamos em sua maioria, pessoas humildes. Minha esposa junto a nossa filha foi até ao hospital Santo Antônio (Poa), começa aí a peregrinação: primeiro o acesso que mais parece um esconderijo, depois, encontrado, feito o primeiro contato soube que, como não tinha febre, nem registrariam sua presença. Perguntado se teria como marcar uma consulta, foi informada que somente com a indicação de um posto médico. A procura então por um médico particular não foi fácil, ligações e nenhum agendamento possível para aquele momento. Por fim soubemos, através de uma amiga, de uma unidade de saúde que, por um preço acessível, atende …

O poder da superexposição

Fantástica a mídia. Até Dilma cresce nas pesquisas. É certo e natural a facilidade de pessoas públicas se tornarem políticos. A exposição frequente é, por si só, um trunfo inabalável que, bem aproveitado, faz milagres. Há pouco tempo, pensara que Dilma sequer chegaria ao segundo turno, mas, a "vontade política" do presidente Lula pode fazer a diferença com a mão amiga virtual e televisiva. Pouco importa a história, se é Dilma ou Estela, - será que os adversários vão expor esse lado da Dilma? - o que importa é o que se vê na TV e o quanto se vê. E agora, fora do ministério, dá-lhe Caravana, viagens e cobertura. Não mudei de opinião: neste ano não votarei nem em Dilma, tampouco em Serra. Mas a tendência sugere ser bem possível imaginar, nesses dois, um segundo turno. A menos que Marina Silva ou algum outro candidato surpreenda, ou ainda se o povo também conhecido como eleitor, quiser mesmo mudar o país.

Tragédia

Imagem
Edição de hoje do jornal Correio do Povo.

Consciência ambiental.

O Correio do Povo da edição de hoje levanta uma importante questão: faltam locais para descarte de pilhas e baterias. Levei algum tempo para entender a necessidade de atentarmos para isso. O que parecia um simples detalhe, tenho consciência não só da importância mas, principalmente, dos riscos ao ambiente que causam seu descarte indevido. Infelizmente essa constatação não acompanha os empresários pois, como diz a matéria, não existem locais suficientes para coleta. É compulsório que todo estabelecimento que comercialize esses produtos, do grande ao pequeno, tenha um recipiente para coletar esse danoso material. Assim, estaremos, de fato, salvando a natureza.

Tragédia no Rio

Sou um crítico ferrenho dos governo - até porque, vamos combinar - que é muito bom "sentar o pau" em político - mas sobre essa questão, e tão somente esta questão, não posso concordar com as declarações da sociedade em geral.
Não eximo aqui a responsabilidade do governo do Rio tampouco isento em sua plenitude, ou seja, entendo que tem culpa, mas não concordo que essa culpa seja só dele.
Inundações devido à urbanização descontrolada tem sido frequentes e avisos não faltam, não há como negar e a propósito: vendo aquilo como não prever deslizamentos e tragédias devido a ação do tempo? Ação e reação. É isso que estamos presenciando no mundo. Por Deus, sei das dificuldades de moradia principalmente nas grandes cidades e que o governo na verdade não se importa com o povo - e aí vai seu grau de responsabilidade. Mas, informação, e compreensão do fatos não faltam para concluir que tais construções não oferecem a menor segurança. Enchentes aumentam a sua freqüência e magnitude devido a o…

Caso Eliseu

Nada é por acaso!
A reviravolta no caso Eliseu Santos leia+ prova que tudo tem um por quê, uma motivação e um propósito.
Ainda mais quando tratamos de fato tão específico.
Logicamente que existem seres que matam fortuitamente mas, neste caso, haveria de haver algo além do que um simples assalto.
Agora trabalha-se com a hipótese de que a morte foi encomendada mostrando a ponta de um fio que vai se desenrolar muito a partir de agora.
O que mais estará por vir? O que descobriremos e quem estará envolvido?
Políbio Braga em seu blog traz informações ainda mais comprometedoras envolvendo até mesmo a RBS. Trecho:
"A RBS, sobretudo o jornal Zero Hora, faz a festa com a decisão do Ministério Público Estadual de repelir o inquérito concluído pela Polícia Civil do RS, que viu latrocínio no caso Eliseu Santos. "Vejam só como somos bons", festejam alguns jornalistas da RBS, mas outros sabem que a confirmação das piores previsões do grupo não contém apenas componentes midiáticos, mas também…

Fecha-se um livro!

Imagem
Arnando Nogueira foi, é e sempre será "o cara"!
Quem me dera pudesse um dia pensar e escrever com ele. Tento, sem sucesso, mas tento! Nogueira deixa saudades e, acima de tudo, uma lição: a de que é possível colocar no papel ideias, teses e argumentos elogiando sem bajular, criticando sem ofender e, principalmente, com base de sustentação. A prova de que era humano é que não concordava com tudo o que pensava como a idolatria a Pelé, por exemplo.
-Fica com Deus meu irmão!
Fecha-se um livro!
Perder não é nada, duro é não se achar.”

José Fortunati

A política que rege nosso dia a dia e é odiada por muitos precisa ser vista pelo lado bom. Ainda que pensemos que não exista. O recém empossado prefeito de Porto Alegre motiva e sustenta esse pensamento. Admiro Fortunati pela sua coerência e seu jeito de ser, mesmo nos equívocos. Vejo-o com um bom político, algo raro nesse globo e por isso, precisa ser observado para os próximos pleitos. Penso que ainda fará parte da história do nosso Estado, quiçá, do país. Que seu exemplo sirva para que escolhemos neste ano representantes que estejam engajados com uma causa e procurem, de fato, transformar positivamente nosso rincão.

Igreja católica

De que adianta desculpas numa instituição estática?
Não são poucos os casos de pedofilia envolvendo padres, isso sem contar com os que são abafados pela mídia ou simplesmente não são descobertos. Hoje, o papa Bento XVI, além de ordenar uma inspeção nas dioceses e seminários irlandeses em que foram registrados casos de pedofilia, afirmou que os padres envolvidos nos abusos responderão pelos crimes "perante Deus e os tribunais" além de divulgar carta com pedido de perdão às vítimas na Irlanda. leia+ Agora, de que serve pedido de perdão se a instituição não se atualiza, não acompanha a evolução e desconsidera estar parada no tempo com dogmas patéticos. Sou temente a Deus e com o passar do tempo vamos entendendo esse mundo louco que vivemos. E compreendendo, acabo avaliando tudo e todos de acordo é claro, com meu entendimento. Participei na minha infância da igreja católica: batismo, crisma, grupo de jovens, etc. Quase fui padre o que, me dá certa autonomia para opinar dessa forma. …

Diogo e Juremir

Ser crítico é uma arte, quase que um acinte. Muitas vezes, chocar é o meio pelo qual, consegue-se romper a barreira da lógica burra da mesmice. Juremir Machado da Silva escreveu em sua coluna deste sábado (13/mar) do Correio do Povo sobre sua amizade com Diogo Mainardi. Começa por aí a provocação, pois, se já é polêmico ler, imagine ser amigo desse cara. A coluna vai muito além da simples ideia que se tem dos dois, razão pela qual, vale muito a pena conferi-la. Leio Diogo Mainardi e Juremir e a acidez de ambos é fantástica. Lógico que Mainardi tem sua repercussão ampliada por Veja e Manhatan Connection mas por aqui nosso Juremir não deixa por menos e também é responsável por alguns'terremotos'. É complicado nesse país ser crítico, é como ser perseguido por indiferença, repulsa e ironia. Na maioria das vezes, e aqui vai minha opinião, é inveja por escrever destilando verdade absoluta e, principalmente, sem medo. Não tenho esse talento todo, também não sei se suportaria o fardo…

Impostos de Renda!

Começou o ano! Literalmente. E a boas-vindas quem dá é o Leão.
O indicativo que caracteriza o ano novo, enfim se dá, entre outras coisas, pelo congestionamento na internet para baixar o programa do imposto de renda. Prova viva de que as atividades sociais, profissionais, aquele projeto de metas e desafios começam a ser medidos a partir de hoje. Acabou a festa. Como diz José Simão: acabou o rebolation, agora é trabalhation.
E falando no leão, parece-me que ele está mais justo, não menos faminto, mais, pelo menos, um pouco mais coerente sobre quem deve e quem não deve declarar.
De certo, o fato de que está cada vez mais difícil enganá-lo.
À luta então amigos: recibos e calculadora a postos e mãos à obra.

Algumas dicas:
A vantagem de utilizar o programa para preenchimento disponibilizado pela Receita Federal é que o próprio programa observa os limites legais das deduções e apura automaticamente o imposto a pagar ou a restituir, ele também informa ao contribuinte a opção de declaração, com…

Lula e Fidel

Nefasto, desproposital e descabido. Menos incorente. Esse encontro mostra a face de um ideal que, graças à democracia, não se cria e nunca se criará.
Por mais que compreendo, impressiono-me e fico receoso. Numa avaliação breve do que realmente significa essa amizade explícita, concluo que, felizmente, o modelo cubano não combina com o brasileiro, no entanto, não faltam os que não só acreditam nele como solução e pregam nas entrelinhas, tal propósito.
De tudo que li e vi a respeito, reproduzo a conclusão de Rodrigo Contantino em artigo que você pode lê-lo na íntegra clicando aqui:
Não é novidade alguma que o PT e o presidente Lula reverenciam o pior ditador de todos os tempos na América Latina, Fidel Castro. Amigos de longa data, parceiros no Foro de São Paulo, o PT e o regime cubano tem tudo a ver. Nada mais coerente, portanto, que o presidente Lula visitar novamente os irmãos Castro em seu feudo, enquanto ignora a morte do dissidente político, cujo "crime" havia sido discordar…

Isso é se divertir?

Imagem
Diversão no Brasil, é sinônimo de confusão. Nosso povo ainda não aprendeu o real siginificado de comemorar. Aqui em Porto Alegre, uma confusão em frente a quadra da Imperatriz D. Leopoldina quando comemorava o 1° título da sua história, acabou em óbito e com a festa. Em São Paulo, a Rosas de Ouro em plena comemoração na quadra, passou por tumulto. Na Bahia, já sabemos o que acontece fora das câmeras. E nos estádios de futebol, quase sempre um ou outro tumulto são verificados. E queremos - e vamos - sediar copa do mundo e olimpíadas. Sem discutir as razões desse ou daquele conflito, por que é tão difícil sermos civilizados? Educação, penso eu, é o principal fator que temos carência. Em todas as esferas. Esse é o câncer do nosso maravilhoso país. Faltam senso crítico, bons exemplos, maturidade e conhecimento. A lei do quem pode mais, de levar vantagem ou ganhar no grito precisa urgentemente dar lugar a ponderações, discusões sadia, auto-análises e por fim, o respeito ao outro indivíduo. Estamos n…

Marina Silva

Simplicidade, dignidade, postura, coerência. Vale, ao menos observar essa candidata. As eleições estão aí e, ao contrário de alguns, vejo a importância de votar apesar de tantas falcatruas e desilusões, acredito - e temos que acreditar - num mundo mais justo principalmente para nossos filhos e netos. E essa responsabilidade é nossa. Ainda não sei em quem votar. Sei em quem NÃO vou votar: Serra e Dilma. Ontem, assistindo a TV Senado - tudo bem, não tinha muito o que fazer mesmo - acompanhei a sessão plenária e, com atenção ouvi a senadora Marina Silva, ouve até um aparte do senador Pedro Simom rasgando elogios a ela endossado pelo presidente da casa Mão Santa. Gostei muito do que disse Marina do seu pronunciamento: falou sobretudo da importância de investirmos em educação, mas não da forma como todos falam, ela realmente tratou do assunto com propriedade peculiar. Outro fato que me chamou atenção foi a forma que ela se referiu a FHC e Lula e claro, ganhou minha atenção não só pelo qu…

Gauchão e a liminar II

Superdimensionaram uma coisa simples.
O personagem principal dos jogos agora é o termômetro: O limite de 35ºC para a temperatura no início dos jogos faz parte de acordo feito na última terça-feira entre o Sindicato dos Atletas Profissionais do Rio Grande do Sul e a Federação Gaúcha de Futebol (FGF). Uma pergunta: E se na hora de conferir a temperatura estiver 34°C? Que diferença faz, na prática para 35°C? Claro, é preciso estabelecer um dado numérico. Mas vejam, essa bobagem que ao meu ver é pura briga entre emissoras de TV acabou gerando uma situação no mínimo, inusitada e que prejudica, na verdade, todos: imprensa, jogadores e o torcedor. Imaginem viajar horas, chegar ao estádio, ficar no sol, sentado no cimento, esperar uma hora e ficar sabendo que não haverá jogo porque a temperatura está 36°C. Desrespeito, bobagem, picuínhas e o termômetro são os principais personagens do gauchão ofuscando até a ótima campanha do São José, Poa.

Tempero tucano

As eleições mal estão começando e já há o que falar, comentar, rir e opinar:
As declarações de FHC neste final de semana deram uma sacudida no pleito que, em fase inicial, já dá indicativos dos postulantes à cadeira de Lula.
Destaco:
- Ela não é líder. É reflexo de um líder.
...
- A Dilma ainda não teve possibilidade de mostrar liderança. Serra inspira confiança e tem liderança, já demonstrada no Ministério da Saúde, na Prefeitura de São Paulo e no governo do Estado.
...
- Todos achavam que Lula mudaria tudo. Não mudou, seguiu adiante no que eu tinha feito. Eu achei bom.leia+

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso comparou a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, a um boneco manipulado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Num seminário destinado a prefeitos e vereadores do PSDB, no sábado, ele recomendou que os tucanos não tenham medo da popularidade de Lula, a quem chamou de ventríloquo de Dilma.
Segundo participantes, FHC duvidou do potencial de transferência de votos de Lula para …

Gauchão e a liminar

Enfim, um assunto para esquentar o gauchão... A liminar que impede a realização de jogos entre 10h e 18h no futebol profissional do Rio Grande do Sul deflagou na verdade, uma guerra entre empresas de comunicação (Globo X Record X Band).leia+ Sou favorável à determinação quanto aos jogos às 11 horas, isso sim é um tremendo absurdo, mas quanto aos das 17, entendo ter havido um certo exagero. Primeiro e, principalmente por que existe um acordo entre clubes e mídias pré-determidado e assinado por ambas as partes e convenhamos, o calor extremo da semana passada, por exemplo foi um caso isolado e deveria tratado com tal. Não estou aqui defendendo A, B ou C sou a favor da pluralidade e da livre concorrência mas vi, nesse caso uma tentativa única e exclusiva de prejudicar a RBS/Globo e nada mais. Bom, pelo menos arrumaram assunto para esse campeonato normo e que já definiu seu campeão a surpresa e a decepção do ano: Internacional, São José e Porto Alegre, respectivamente.

Abrindo o cofre

Investimento na educação - eleitoreiro ou não? O anúncio da governadora Yeda Crusius de que o Estado investirá R$ 143 milhões na rede estadual de ensino anima e é extremamente positivo principalmente para mim que tenho a educação como mola mestra de toda sociedade. Segundo ela - e aí está minha dúvida - tal investimento é fruto do equilíbrio das finanças. Pois bem, esse é o argumento, vou fazer de tudo para acreditar, está registrado. Mas não esquecemos que é ano de eleições. Coincidência ou não, tudo acontece de bom e positivo nessa fase. Quem vai confirmar isso será o próximo gestor. Ou estará tudo as mil maravilhas ou recomeça a novela orçamentária de sempre. Apartir dessa prova, poderei começar a mudar minha opinião a respeito da excelentíssima.

Tecnologia contra a violência

10 anos depois chega ao Brasil algo que pode ajudar a diminuir a criminalidade. Em breve, os moradores do bairro Guajuviras, em Canoas, município da Grande Porto Alegre, vão conviver com uma nova tecnologia que, segundo seu fabricante, é capaz de identificar o disparo de uma arma de fogo e acionar a polícia entre 9 e 15 segundos, determinando o local exato no qual o tiro foi dado. Trata-se do ShotSpotter, como é chamado em inglês - e foi desenvolvido há mais de dez anos.
Tarso Genro, deixou claro que Guajuviras servirá de laboratório e que se a experiência for bem-sucedida, poderá ser reproduzida em outras cidades, sendo levada para aquelas que já integram o programa Territórios da Paz e também para as 12 que irão sediar jogos da Copa do Mundo. leia+ A tecnologia veio para nos facilitar em tudo mas é incrível o quanto custa a chegar para nós. Mas tem coisas que o governo não poderia demorar tanto. Será que se, não fosse o advento da Copa, viria agora essa novidade para nós? Bom, vou deixa…

O primeiro mês do ano

Sem deixar saudades, janeiro se despede de 2010. Pergunte por exemplo aos paulistas e haitianos como foi o mês de janeiro, só para ficarmos nestes exemplos. Como nada é para sempre, graças a Deus, esperamos que aqueles desejos do primeiro dia do ano possam tomar corpo apartir de agora. Sabemos que o ano realmente começa em março, mas a contar pelas tragédias que aconteceram, é compulsório agirmos desde já. Aqui no sul, sofremos com o calor excessivo e as destruições por várias regiões em função das chuvas desordenadas e explosivas.` Bom mesmo foi para quem pode, de verdade, passar esses dias na praia, este último final de semana está com dizemos "de lei". Que venha fevereiro, um mês curto ainda com dois feriadões para ajudar. Passará rápido, espero que também sem tragédias, apenas com registros positivos: Iemanjá, Navegantes, Carnaval (Dá-lhe Imperadores!), Liquida Porto Alegre e volta às aulas - que estes sejam os principais assuntos da mídia!

Déficit Zero

Méritos e deméritos de uma governadora Políbio Braga divulgou hoje os números de Yeda comparando-os com Olívio e Rigotto. Reproduzo:
Déficits anuais pesados
- Governo Olívio – 1999 – 2.012 / 2000 – 1.327 / 2001, 1.311 / 2002 – 650.
- Governo Rigotto – 2003 – 531 / 2004 – 1.169 / 2005 – 1.101 / 2006 – 1.060.
Superávit (déficit zero)
- Governo Yeda – 2007 – 699 / 2008 – 446 / 2009 – 10.

Das explicações, destaco:
Trabalhando sobre as mesmas contas para os governos Olívio Dutra, do PT, Rigotto, do PMDB, e Yeda Crusius, trazendo tudo para valores de hoje, dá para compreender melhor a tremenda mudança do cenário das finanças públicas estaduais. Ao equilibrar estas contas pela primeira vez em três dezenas de anos, Yeda devolveu a racionalidade ao setor público estadual, conseguiu pela primeira vez em dezenas de anos, pagarem a Folha de Pessoal em dia, usando recursos próprios, e passou a honrar em dia as contas com os credores, obtendo com isto preços jamais imaginados. leia+ O tal déficit zero então…

Nova lei do inquilinato.

Imagem
Assusta num primeiro momento, mas a avaliação é positiva.
Quem passa dificuldades eventuais ou está em débito deve estar suando frio, é claro, mas a verdade é que esta nova lei do inquilinato é boa pra todos, sem exceção.
É mais uma adaptação que teremos de enfrentar, e como todas, causa um inicial desconforto.
Assim como ficou mais fácil despejar, menos oneroso agora também é para locar, e isso é fato.
Conclusivos são os dois comportamentos positivos que a lei sugere:
1° Atenção a essa obrigação e com isso, respeito ao locador e, principalmente,
2°Estímulo para planejar a compra da casa própria de uma vez por todas. Confira como foi publicada esta opinião na edição de hoje do jornal Correio do Povo. (clique na foto.)

Lula e o FSM

Os dois se confundem, com se confunde a história desse personagem do Brasil. Lula realmente é o cara. Tem uma capacidade enorme de falar de coisas difíceis de forma com que todos entendam. Assisti na íntegra e ao vivo seu pronunciamento no Gigantinho, POA, RS pelo Fórum Social Mundial.
Ele tem moral para falar dos banqueiros, do FMI e dos idiotas de Davos, com certeza.
Por isso, e nesta questão, admiro muito, mas também sou um crítico.
Se pudesse tentar reeleição novamente, ganharia com folga. Mas não pode, como também, na minha avaliação não conseguirá eleger a "Dilminha" como se referiu no discurso.
O grande mérito de Lula e o que manteve todo esse tempo no poder e com um índice de popularidade sempre nas nuvens foi o fato da manutenção da política econômica de sempre e da política como um todo, se é que me entendem. Ele se aliou a quem de fato decide, se uniu a "Judas", defendeu Collor, Sarney, Renan mas por que queria ficar no poder, como ficará, até o fim.
Aquele Lu…

Bom exemplo

É possível fazer o mesmo, ou até mais, com menos... O vereador Valter Nagelstein (PMDB), líder do governo Fogaça na Câmara de Porto Alegre, gastou menos de 50% da cota básica de gabinete ano ano de 2009. Prestou contas em seu blog. Parabenizei-o pelo resultado pessoal, a transparência e o bom exemplo dado. Algo que deveria ser natural, hoje é visto até com certa incredulidade. Que isto sirva para nós eleitores entermos que lógico, é possível. Poxa, seu vencimentos são mais que suficientes, e aí está a prova. Mobilizo os amigos (as) para apartir das eleições desse ano, que sejamos mais presentes e atuantes como eleitores e cidadãos de verdade. Não só escolhendo conscientemente mas principalmente, acompanhando de verdade os passos de quem os representará.

Lula em Porto Alegre

Diálogo ou monólogo? Em meio ao Fórum Social Mundial, começa dia 25, "o cara" e "estadista do ano" Luiz Inácio estará presente em Porto Alegre e reservará às 18h do dia 26 para "dialogar" no Gigantinho. Se a claque deixasse o diálogo de fato ocorrer, pois é lógico que não deixará, o que você teria a dizer, perguntar ou até mesmo saber de Lula? Tenho minhas questões mas também imagino suas respostas. Muitas delas virão à tona somente depois que ele se aposentar da política. O que ainda vai demorar muito pois minha previsão é de que "o cara" ainda voltará muitas vezes. Para os críticos e antipetistas pergunto: tem outro? Se for para fazer as mesmas coisas, manter conxavos, submeter-se aos poderosos, aliar-se com "Judas" pelo menos, Lula está trazendo ao Brasil coisa que nenhum outro conseguiu: respeito. Olham para nós como aliados e formadores de opinião, hoje, preocupam-se e querem saber o que pensamos. Marketing bem feito ou carisma do…

Só para brancos

É preciso entender, acima de tudo, o que se passa pela cabeça do homem...
A cidade de Augusta, nos Estados Unidos, estaria encabeçando a criação da All-American Basketball Alliance (Aliança de Basquete para Todos os Americanos), uma liga de basquete apenas para jogadores norte-americanos e brancos, que contaria mais 11 cidades que enviariam um time. leia+
Essa notícia realmente me deixou perplexo. Quando imaginamos que nada há mais para acontecer, eis que surge o inusitado.
"Não há ódio no que estamos fazendo. Não odeio as pessoas de cor. Mas agora as pessoas brancas nascidas nos Estados Unidos são minorias", declarou Don 'Moose' Lewis, defensor da ideia. Num primeiro momento ridicularizei, ri e entendo não ter a menor possibilidade de ser aprovada. Já em última análise, percebo que esses cidadãos brancos estão sentindo algo que o negro sentiu por séculos e ainda hoje, sutilmente, sentem e não tem paciência por isso agem com repulsa e indignação ao que o negro sempre fo…

FSM

Acredito num outro mundo possível. Vem aí mais uma edição do Fórum Social Mundial. Lembro-me bem em 2001 inclusive, participei com minha esposa e filha da marcha do centro até o anfiteatro Pôr-do-sol culminando com discurso do presidente Lula. Me envolve da ideia de pensar um mundo novo embora saiba e conclua que de efetivo mesmo até agora, nada. Ainda assim, merece o evento um crédito, pois, com uma menor dimensão neste ano, aumentam as chances de termos melhores resultados. E com os fatos que estão ocorrendo no mundo, está mais do que na hora de preocuparmos com nosso planeta e o que deixaremos para nossos filhos e netos.

Twitter

Na contramão da maioria, fiquei contente em pensar diferente. Me chamou a atenção a notícia de que o Brasil atingiu o segundo lugar em número de usuários do Twitter. Quanto às cidades do mundo que mais utilizam o microblog, São Paulo é a terceira do ranking, com 1,47% do total de usuários, depois de Londres e Los Angeles. Não tenho Twitter, não penso em ter e acho uma bela droga. Entendo ser um modismo que vai cair por terra logo. Para muitos, essa notícia vai estimular a criarem mais e mais perfis e não duvido que já não existem grupos de paulistas, por exemplo, querendo tomar o primeiro lugar nesse ranking imbecil. E assim o modismo vai se alimentando de pessoas que fazem de tudo para estarem conectadas com o novo...

Segue a questão: Chegou mesmo 2010?

Essa é a pergunta que não quer calar. Quando inicia um ano, anuncia-se a boa nova e projeções positivas. Não é o que está acontecendo... Poderia perfeitamente reeditar a opinião abaixo que redigi no dia 6 e saiu publicada no Correio do Povo do dia 8. Indagava sobre os acontecimentos dos primeiros dias do ano, e, principalmente, nossa contribuição, ou não, em tanta catástrofe. O pior estava por vir. Nada superaria o que reservava os dias seguintes: a Catástrofe no Haiti. As imagens que vem de lá são tristes e nos preparemos para mais e mais cenas que serão trazidas por inúmeros profissionais de mídia e voluntários que estão indo para lá. O nos resta? Rezar, preservar e valorizar o que temos e ainda sermos solidários com tudo e com todos. Que as ações do mundo que se multiplicarão para reerguer Haiti motivem-nos a repensar o nosso planeta tornando o mundo um pouco mais ameno e deixando vir, enfim, 2010 que teima em não chegar.

Chegou 2010?

Imagem
Os feitos do homem, sua contribuição e a resposta da natureza. Olá amigos, tudo bem? Nem tanto se levarmos em conta o noticiário. Mal entrou o dia primeiro do ano e tragédias e mais tragédias acontecendo, começando com o episódio em Angra, passando por chuvas, enxurradas, quedas de ponte, etc. Hoje, dia 8, blogs, portais e as televisões invadem nossos lares com...tragédias. Que ano! Aliás, começou 2010 ou ainda não terminou 2009? Cabe a reflexão: O que estamos de verdade fazendo com nosso planeta? Que recado Deus, ou seja lá a força ou energia a qual acredite quer nos dar? Algumas respostas haveremos de ter, se colocarmos a mão na consciência. Por exemplo: os deslizamentos de barracos já era anunciado há muito tempo ou seus moradores não sabiam dos riscos de morarem naquelas condições?. Muito das enchentes, são superdimensionadas com a brilhante contribuição de seus moradores que jogam lixo nos rios, nas valas desconsiderando uma reciclagem ideal. E tantas outras situações que se tivéssemos …

Aviso das Seguradoras

Recebi por email e achei importante divulgar: Prestem atenção e tomem o maior cuidado.
Registrar, fotografar (agora com celular é fácil até fazer um filminho), pegar nome de testemunhas...
Depoimento de uma vítima:
"No mês de abril, o carro do meu filho foi abalroado na TRASEIRA, num farol fechado, por uma motoqueira com outra na garupa. A moto caiu e a moça da garupa ficou com a perna embaixo da moto.
Meu filho filmou a placa da moto e obteve telefone com moça da garupa. Telefone inexistente.
Um funcionário da CET, que estava próximo, acionou o resgate e a motoqueira mandou cancelar. Como ela não quis ser socorrida, o marronzinho pediu para que saíssem do local, sem antes orientar meu filho de que seria interessante registrar um BO. Foi o que fizemos na mesma tarde. Um mês depois, recebi telefonema "em casa" da dita cuja, querendo fazer um acordo, dizendo que o conserto da moto estava por volta de R$ 800,00 e que a garupa machucou muito a perna dela, estando 20 dias sem pode…