Seguindo os passos do mestre

A senadora Marina Silva pode ter rompido com o PT, estar triste com o partido, mas entende que o caminho para chegar lá é um só.
Tal qual o presidente Lula que, após aliar-se com o empresário José de Alencar - um liberal o qual admiro muito - conseguiu seu objetivo, a líder e candidata pelo PV tenta uma união de chapa com o bilionário Guilherme Leal. Entendo que não foi apenas por isso que Lula chegou onde chegou, do mesmo modo não vejo isso como suficiente para Marina Silva sequer, incomodar os oponentes. Mas que estar aliados a grandes empresários ajuda.
Ah! Isso ajuda, e muito.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fim de Octo

O primeiro mês do ano

Ontem (2016)