O crime compensa!

Uma trite constatação dentro da realidade brasileira.
O presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, Roberto Antonio Vallim Bellocchi, 68 anos, disse que "há momentos em que o crime compensa", em entrevista concedida ao jornal Estado de S. Paulo deste domingo.
Ele falou sobre os esforços para implantar melhorias durante seus dois anos no cargo, mas reconheceu que há um "grande déficit" no tribunal. Ele cobrou mudanças na Lei de Responsabilidade Fiscal. "Antes da Lei Fiscal, o tribunal ficava com 7,6% da receita do Estado. Agora caiu para 4%".leia+
Bom, se não estamos no caos, muito próximo ele está de nós. Essa constatação não é nova tampouco exclusiva de Bellocchi. Estamos cansados de ver ladrões de galinhas entrarem em presidios e saírem perigosos assaltantes, sanguinários e sem coração.
O poder de regenerar o indivíduo inexiste e coloca-nos a mercê de um sistema falido. Campanhas do governo de dar emprego a ex-presidiários ecooam sozinhos ao vento.
As eleições estão aí e entre aos inúmeros cuidados que devemos ter, não esquecemos daqueles que colocarem como prioridade, também um plano estratégico diante do sistema carcerário brasileiro em toda esferas não esquecendo da punição. É preciso que todos saibam que, se cometerem algo errado, serão punidos.
A falência do sistema e a certeza da impunidade tem que, pelo menos, diminuir.
Avante, 2010!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fim de Octo

O primeiro mês do ano

Ontem (2016)