Uniban

A bobagem provocada pela Universidade Bandeirante serviu para duas coisas: defalá-la enquanto instituição e promover a estudante.
Quanta ingenuidade. Pensei que essas coisas não aconteciam mais. Ora, absurda a repercussão diante de uma caso que no máximo ficaria nos corredores da universidade.
É claro, não sabemos dos bastidores da situação. A verdade é que quem se deu mal nessa história foi a própria instituição mostrando uma hipocrisia fora do contexto e se autoflagelando ainda por cima pagando o mico de ter que readimidir a estudante. Até sátira do filme do Hitler já fizeram, para se ter uma ideia.
Por outro lado, a estudante Geisy Arruda agradece: teve bem mais do que 15 minutos de fama e não duvido que, num futuro breve, não saia em alguma revista masculina em breve, se ficar só nisso.
Às vezes o silêncio é a melhor alternativa.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fim de Octo

O primeiro mês do ano

Ontem (2016)