Livre arbítrio

Deixemos que a mente de cada indivíduo faça seu julgamento assumindo assim, a consequência de seu atos.
A Anvisa proibiu em todo país a venda e uso de equipamentos para o bronzeamento artificial. A medida, que tem validade imediata, ocorre três meses após a Agência Internacional de Pesquisas em Câncer alertar que os raios ultravioletas das câmaras podem causar o câncer.
O motivo, por si só bastaria para não mais se utilizar esse procedimento.
Com o cigarro, acontece algo semelhante. Quem não sabe dos prejuízos a saúde que são causados? Além da dependência e um odor nada agradável mas, o fumante dá bola?
Esse é um dos males da democracia a qual proibir acaba sendo um contrasenso irreparável.
Por isso, informe, divulgue, dê exemplos e mostre principalmente as consequências de tudo o que é maléfico - se empenhe nisso - aumente impostos desses produtos e serviços às nuvens, dificulte o acesso, faça-os assinar termos de responsabilidade, etc, mas deixe que o indivíduo, adulto e esclarecido, faça com sua vida o que quiser.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fim de Octo

O primeiro mês do ano

Ontem (2016)