Costuras políticas

-Vou morrer e não vou ver tudo! Esse ditado cabe perfeitamente no que vemos em na política brasileira.
Ano que vem tem eleições e começa aquele período nebuloso de conxavos, alianças, emendas, tratos, conspirações, etc.
Quem fez mais na gestão de quem, quem apoiou quem na eleição passada, enfim, uma salada de frutas que deixa nós eleitores, atordoados.
Leio agora que PMDB oposicionista traça plano contra aliança com PT(leia+) uma vez que está se desenhando um acordo entre os dois partidos.
Agora, o incrível é isso:
PMDB eu penso que teria de ser PMDB. Afinal, não tem uma ideologia, missão, valor a ser seguido? E as convenções servem para quê? Não seria para chegar a um denominador comum?
Vejo que não!
Depois que vi e ouvi Lula defendendo Collor, Renan e Sarney só para ficar nesse exemplos, recorro ao velho dito popular:
-Vou morrer e não vou ver tudo!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fim de Octo

O primeiro mês do ano

Ontem (2016)