Lula e os pobres

Ao atribuir aos menos favorecidos financeiramente pela retomada econômica do Brasil, o presidente pode estar, sob certo aspecto, tendo uma avaliação correta da situação atual.
"Pobre nasceu pra levar na cabeça" - mas, o que seria do martelo se não existisse o prego?
Lula disse hoje que o Brasil sobreviveu à crise graças aos mais pobres leia+ e não deixa de ter razão. Somos nós quem pagamos a conta mesmo.
O pobre que ele fala não é o coitado que mendiga bolsa-família, é sim, as classe b e C em especial que vivem na "corda-bamba" num desatino para não entrar na fila do benefício federal.
Esse sofre!
Sofrimento este reconhecido pelo nosso maior representante nas palavra proferidas nesta data:
— O PIB demonstra que a economia brasileira está se recuperando;
— Este país estava muito mais preparado do que os Estados Unidos e União Europeia, porque o povo fez sacrifício;
— Muitas pessoas preferiram acreditar numa mentira bem contada do que numa verdade nua e crua; e por fim:
— Graças ao povo brasileiro, sobretudo à parte mais pobre, a economia sobreviveu.
Lula fala demais e muitas vezes se queima por isso, mas desta vez, pelo menos, reconheceu quem é que paga a conta.
Na verdade o que eu gostaria era de ouvir quando deixaremos de pagá-la ou se vai ter alguém para dividi-la conosco...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fim de Octo

O primeiro mês do ano

Ontem (2016)