O preconceito escancarado!

Chamar de absurdo o que aconteceu em Osasco é pouco. Esse fato prova que o preconceito está nas entranhas, na história e no dia-a-dia de nossa gente.
Januário Alves de Santana, 39 anos, agredido por seguranças do Carrefour taxado, por ser negro, de ladrão e impossível de ter uma EcoSport (clique aqui e leia a notícia na íntegra) mostra de forma nua e crua de sempre fomos racistas.
É lamentável, deprimente, enfadonho e triste, muito triste constatar isso.
Até quando meus amigos(as) vamos ter que engolir essas situações que fazem com que diminuimo-nos enquanto sociedade.
Por quê a cor da pele ainda determina quem é do bem e quem é do mal?


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fim de Octo

O primeiro mês do ano

Ontem (2016)