Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2009

Revolução política

Somos esquecidos! Muitos de nós não se lembra nem do que comeu no almoço ontem. Você lembra? Mas na política, isso tem que mudar, e pode ser aos poucos... O escândalo envolvendo José Sarney e que, por tabela respinga em todos os senadores é o retrato vivo da vergonha nacional na qual vivemos. E o pior: Lula apóia, agora. E o povo...nem aí! Na próxima eleição eles voltam com a cara deslavada e muito mais afiados para fazer cacaca. Temos que mudar esse cenário, envolvermos no sistema político. Sem precisar ser um mas, observando e cobrando aquele no qual cada um votou já adiantaria e muito. Para os esquecidos, Fernando Abrucio, colunista da revista Época deixa uma sugestão interessante: "...Para nacionalizar ainda mais a discussão sobre o Senado, os concorrentes em 2010 já poderiam se comprometer com um programa amplo de reformas. Aí poderia estar, caro leitor- -eleitor, um bom critério para você definir seu voto: os que não apoiarem mudanças no funcionamento do Congresso, particu…

Óbitos: estradas x ar

É preciso pararmos com hipocrisia. Só no Rio Grande do Sul já morreram até agora mais de 500 pessoas no trânsito. São dois acidentes com airbus A330, por exemplo. Foi triste, lamentável, horrível e colocando-se no lugar dos familiares, doloroso. Ainda assim, a avião é o meio mais seguro que existe. E não precisam estatíticas tampouco estudos mirabolantes para comprovar. A mídia então trata um acidente de avião com uma desamiada cobertura jornalística. Empurra matérias sobre o assunto a exautão. São chatos e repetitivos. Enquanto isso milhares morrem nas estradas. O exemplo que dou acima sem os números exatos até porque a cada dia aumentam são apenas do Estado gaúcho. Imaginem todo o Brasil. Sugiro então a mídia que diminuam os esforços em nos fazer saber porquê o avião caiu, tem quem faça isso, fiscalizem sim, mas, passem a educar o cidadão ao trânsito, a direção defensiva, a não dirigir tendo bebido, etc. A imprensa pode e deve ser um agente propagador de mensagem que nos façam refletir …

Corredores da Baltazar

Inauguração é o escambau! Essa obra já era pra estar pronta a muito...muito tempo.
O acesso da zona norte da Capital a Alvorada está finalmente facilitado para cerca de 170 linhas de ônibus, entre metropolitanas e urbanas. As obras, durante o período de execução, foram alvo de paralisações por falta de verba, protestos, reclamações e um incômodo impagável aos moradores e comerciantes da região. Na boa, deviam é ficar calados e apenas, por obrigação pagar um anúncio nos meios de comunicação dizendo apenas: A via está liberada. Desculpem-nos pela demora. E só. Dou-me por satisfeito se apartir de agora aquela gente possa, finalmente viver e transitar com tranquilidade e normalidade. Povo sofrido que pagou o pato pela incompetência deles, sempre deles: os governantes.