A metáfora chamada crise.


Assim como outras coisas, crise é algo que põe na nossa cabeça.

Quando um período é difícil, penso que difícil está. Certo? Nem sempre!
Vejam essa crise que assola o mundo. Começou lá, aqui era uma marolinha que foi ganhando dimensões nada agradáveis. É um período em temos que recuar, apertar o cinto, reduzir tudo o que se pode. Afinal, com crise não podemos fazer nada.
Mas vejam, não é bem assim. Isso é coisa que põe na nossa cabeça.
Uma simples medida do governo federal de reduzir imposto aqui e aumentar um pouco ali já movimentou a economia a ponto de animar comerciantes. Essa última então beneficiando produtos da linha branca (leia+) de ontem, dia do anúncio para hoje já deu um salto nas vendas alegrando vendedores, empresários e consumidores.

Mas, e a crise?

Não estou criticando as medidas do governo, meu exercício é o de que a crise, na verdade, quando você trabalha sério, é otimista e centrado, é para os outros. Ou você acha que os 10% que foram dados foi em cima da redução do IPI anunciada? É claro que não! Esse desconto é margem de negociação das empresas, em muitas dessas vendas, o desconto dado volta nos juros aplicados nas parcelas.
Em outras palavras, que crise é essa que basta um anúncio oficial e um bombardeio de matérias nos jornais para o povo sair comprando?

Trabalho, fé, e perseverança e por favor, vamos esquecer da crise.

Isso é coisa que põe na sua cabeça!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fim de Octo

O primeiro mês do ano

Ontem (2016)