Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2009

Febre amarela

Atenção, prudência e informação acima de tudo é o que devemos ter tanto a essa febre quanto a gripe suína. Um turbilhão de informações invade nossos lares nos últimos dias desde a primeira nota primeiro, sobre o evento no México depois, dos bugios encontrados mortos em Guaiba. É sério, mas também é preciso calma e dicernimento para definir prioridades, e elas existem e precisam ser respeitadas. Infelizmente muitos não tem compreendido assim. Entender os eventos, suas diferenças é fundamental para tomar decisões acertadas e, aos poucos, se imunizar com tranquilidade, e queira Deus que possamos fazê-lo dessa forma até o momento em que ouvirmos ter a saúde novamente, tomado as rédeas da situação. No Estado, temos a febre amarela com característica silvestre - e esse é o principal problema gaúcho - por essa razão, a zona rural da Capital (regiões Extremo Sul, Restinga, Lomba do Pinheiro, Ilhas, Agronomia e Morro Santana) passou a ser considerada área ampliada de vacinação e a população dess…

Prazo maior

Bondade ou temor? Qual é a verdadeira face do bichano?
O leão, ávido pelo dinheirinho do contribuinte esticou o período para envio das declarações, algumas horas, mas, já ajuda àqueles de deixam tudo para depois. (leia+) Brasileiro não tem jeito mesmo. Como pode ter uma multidão que ainda não fez sua declaração. Dois meses de prazo e ainda sim deixam para última hora. Não querendo defender o governo, mas acho que não merecíamos essa regalia de esticada no prazo. Seria bondade? -Pouco provável. -Talvez a receita esteja mesmo é preocupada com sua receita. É o que tem mais a ver com o jeito de ser do nossos representantes.

O absurdo das passagens

Quando o assunto é levar vantagem ou fazer uma 'treta', o céu é o limite. Veja só: O deputado Eugênio Rabelo (PP-CE) utilizou a cota de passagens aéreas da Câmara para comprar 77 bilhetes para 27 jogadores de futebol, dois técnicos e três dirigentes do Ceará Sporting Club, além de familiares e amigos dos atletas e radialistas encarregados de cobrir os jogos. (leia+) O mínimo que o eleitor deve fazer é gravar bem o nome do cidadão, para que ele não volte mais a cometer esses descalabros - pelo menos, com dinheiro público. Se isso é o que se descobriu, imaginem o que ainda não veio à tona? Insito, ao contrário de muitos, que é com o voto consciente que poderemos mudar esse cenário. Sim, nós podemos! E ainda há tempo meus amigos, precisamos no politizar, acompanhar o dia-a-dia daquele o qual damos o nosso voto, cobrar, cobrar e cobrar. Ser chato mesmo: -prometeu isso? -por quê não fez? Enquanto eles se sentirem intocáveis - e não são - isso não vai acabar. VAMOS ACORDAR BRASIL! Sim, nós …

Os 100 dias de Obama

Não podendo errar em hipótese alguma, Barack Obama mostra-se um líder com condições reais de mudar o mundo.
Dei uma vasculhada pelos principais portais de notícias para saber o que falam sobre os primeiros 100 dias de Obama no poder, e o resultado é extremamente satisfatório.
Trecho do Estadão.com, por exemplo comentando pesquisa feita pela Associated Press-GfK:

O levantamento mostra que a maioria da população considera o novo presidente um líder forte, ético e simpático que está trabalhando para mudar Washington. Ninguém sabe por quanto tempo essa lua de mel vai durar, mas Obama claramente transformou o espírito do "sim, nós podemos" de sua candidatura numa ferramenta de governo. Sua habilidade de inspirar confiança - seu segundo livro é chamado "A Audácia da Esperança" - tem separado o presidente da dura realidade política de duas guerras, dos problemas da economia global e do incontáveis desafios domésticos. (leia+)
Isso é bom, diria até que é ótimo, comparado c…

Consumo

Viva a crise! Graças a ela estamos aprendendo a consumir com racionalidade. Gostei de saber que o consumidor brasileiro está gastando melhor. De acordo com matéria publicada hoje no site da revista Época e que você pode ler na íntegra clicando aqui, o comportamento americano que foi afetado diretamente pela crise está mais consciente, e fez o consumidor brasileiro, de mero expectador se ajustasse aos novos e bicudos tempos de uma economia globalizada. O Brasil não foi nocauteado pela crise, mas o consumidor também sentiu seus efeitos, diz a matéria que revela números de uma população - americana e brasileira - que está aprendendo, a duras penas, a viver melhor com menos. Sim, é possível! Basta o cidadão desvincular felicidade ao consumo. Viva a crise!

Passe livre

Querem acabar com um problema do jeito mais fácil, pondo fim ao benefício. Dia de passe livre é um caos. Sei do que falo pois já andei muito nesses dias além de mais demorados do que o normal, andam superlotados e com tudo que é tipo de gente que você possa imaginar. Infelizmente, é muito perigoso andar pela cidade nesse dia. Agora, o dia de passe livre no transporte público da Capital é alvo de um pedido de extinção ou reformulação. (leia+) Será que esse é o melhor caminho? Quem sabe, tratar de conter a violência? Reforçar o policiamento, conscientizar quem o usa, impor, quem sabe, um regramento, sei lá; só acho que extinguir, apesar de tudo, não é o melhor caminho. Penso, nesse caso, em milhares de pessoas que não tem condições de andar de ônibus, pois a passagem é cara, e veem nesse dia a possibilidade de levar a família a passeio ou a visitação de familiares. Do jeito que está realmente não pode ficar. É prejuízo paras as empresas e a população, mas deve-se encontrar uma forma de…

Fumantes

A lei que proíbe fumo em local fechado, seja público ou privado, eliminando os fumódromos deve ser saudada, comemorada e expandida a todo o país. Um trecho da matéria do site da Veja que você lê na íntegra clicando aqui: A partir de agora, será proibido acender cigarros, cachimbos e charutos em qualquer ambiente público fechado em todo o estado. Isso significa que: 1) restaurantes não poderão mais ter alas para fumantes; 2) bares terão de aposentar seus cinzeiros; 3) hotéis passarão fiscalizar seus hóspedes; e, 4) empresas serão obrigadas a fechar as acinzentadas salinhas conhecidas como fumódromos. Quem quiser dar suas tragadas, só poderá fazê-lo em casa, no carro ou ao ar livre. Não vejo nada de absurdo ou imoral nessa lei. Não consigo ser a favor de fumantes. Quer se matar, que o façam sozinho. Tenho muitos amigos e familiares - pessoas inteligentíssimas até - que fumam, mas e daí; não é por isso que devo fumar passivamente também. O cheiro do cigarro é horrível e fica impregnado na…

Bi-Campeão!

Campeão da Fábio koff! Bi-campeão Gaúcho! Campeão de Tudo!!!! É muito bom ser Colorado!


A metáfora chamada crise.

Assim como outras coisas, crise é algo que põe na nossa cabeça.
Quando um período é difícil, penso que difícil está. Certo? Nem sempre! Vejam essa crise que assola o mundo. Começou lá, aqui era uma marolinha que foi ganhando dimensões nada agradáveis. É um período em temos que recuar, apertar o cinto, reduzir tudo o que se pode. Afinal, com crise não podemos fazer nada. Mas vejam, não é bem assim. Isso é coisa que põe na nossa cabeça. Uma simples medida do governo federal de reduzir imposto aqui e aumentar um pouco ali já movimentou a economia a ponto de animar comerciantes. Essa última então beneficiando produtos da linha branca (leia+) de ontem, dia do anúncio para hoje já deu um salto nas vendas alegrando vendedores, empresários e consumidores.
Mas, e a crise?
Não estou criticando as medidas do governo, meu exercício é o de que a crise, na verdade, quando você trabalha sério, é otimista e centrado, é para os outros. Ou você acha que os 10% que foram dados foi em cima da redução do …

Metrô FM voltou

Numa grande sacada, Rede Pampa atinge o precioso filão deixado pela RBS. A volta da METRÔ FM, agora em 101,9 MHz.
Surpresa pra quem sintonizou a 101,9 MHz hoje, no lugar da Caiçara FM encontrou a METRÔ FM. Isto mesmo, a emissora do pagode e do samba está de volta! Numa iniciativa da REDE PAMPA, o seu canal de São Francisco De Paula, passará a abrigar a extinta rádio Metrô, que a RBS sacrificou para por no lugar o clone da Gaúcha em 93,7 MHz.
Esta é parte do texto que está no blog que você acessa clicando no título sublinhado acima. Muita coisa ainda precisa ser feita para se tornar aquela Metrô que estávamos acostumados: o sinal não é dos melhores, os comunicadores também é uma icógnita e o repertório é carente de variações mas, é só o começo e como tal, digo que está de excelente tamanho. Para que gosta de samba e pagode como eu, é uma excelente opção que retorna em nossos rádios. Tem tudo para dar certo. Sucesso aos novos metropolitanos!

Planos de saúde

As facilidades anunciadas soam como um boa notícia, num primeiro momento, vê só vantagens mas,tem as letrinha pequenas!
Portabilidade é a palavra da moda. E como tal chegou aos planos de saúde, os clientes de planos individuais, familiares ou exclusivamente odontológicos não precisam mais cumprir carência para mudar de operadora. Mas há restrições: *O cliente tem que estar em uma operadora; *não pode ter dívidas com ela; *tem que estar no mesmo plano há pelo menos dois anos; *tem que fazer o pedido na data de aniversário do contrato ou no mês seguinte; *o plano tem que ter sido contratado após 1999, data em que a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) passou a regular os planos do País.
Nada absurdo, mas, com certeza, causará uma série de negativas àqueles que ficam só na mannchete. Para auxiliar na implementação na nova medida, a ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) já disponibiliza em seu site o Guia da Planos de Saúde, um sistema on line com seis mil planos comerci…

Pontal do Estaleiro I

A falta de atitude faz com que o inusitado aconteça. Menos uma dor de cabeça para o cidadão pois a empresa responsável pelas obras da área do antigo Estaleiro Só voltou atrás e desistiu de construir prédios residenciais na região. (leia +) Com isso, a consulta popular que haveria fica devidamente cancelada. Eu particularmente era contrário a construção de residências, mas o que vejo aqui é uma letargia de nossos representantes que acabam perdendo oportunidades com essa gente do dinheiro. Foram lentos e não propuseram alternativas, foram omissos e pouco ágeis afugentando os magnatas para outros rincões. Se o que acabou acontecendo foi bom ou ruim para Porto Alegre não sei, talvez jamais saberei. Mas fica a lição de que é preciso agilidade e presteza para resolver assuntos de nosso interesse.

Juros

Os fins justificam os meios...
Dias atrás escrevi: ...Poderia o governo fazer mais. Quem sabe reduzir o ICMS de alimentos da cesta básica e aumentar o dos destilados, por exemplo? Ou então reduzir impostos sobre remédios e aumentar o de materiais bélicos? Falava sobre o aumento da taxa de juros sobre os cigarros para compensar a redução beneficiando a contrução civil. Pois leio agora que o governo planeja elevar o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) de bebidas alcoólicas como forma de compensar novas medidas de desoneração fiscal, como o corte na tributação sobre eletrodomésticos. Sigo na mesma linha apoiando a medida e quer saber, tomara que se concretize. Não que eu aplauda aumento de juros em alguns setores, sei que isso não é bom. Mas, se não tiver outra alternativa, que seja em cima de produtos nocivos a população em prol de gêneros de primeira necessidade.

Fórum Social Mundial

Evento voltará a Porto Alegre. Eu gosto disso! A política é dinâmica. Prova disso é o anúncio de que o criticado, ultrajado e, dito por muitos, esquerdista movimento "Fórum Social Mundial" voltará a cidade em 2010 (leia+). E por mais incrível que possa parecer, apoiado pelo governo Fogaça. Ano que vem tem eleições, entenderam? É menos uma arma para a oposição... Política a parte, gosto da ideia de termos tal evento novamente. Essa interação, troca de informações é muito positiva para a sociedade mundial, sem falar na questão econômica, que digam hotéis e restaurantes. E, se não resulta em ações práticas, pelo menos, estimula muitos a pensar num mundo novo possível. A expectativa é de que aprendamos com os erros e talvez agora, possamos efetivar as decisões ali encontradas.
Que venha então, o Fórum!

Brasil X Peru

Noite para esquecer do problemas e torcer do Brasil...
É incrível como um jogo de futebol pode movimentar tanto uma cidade. Você que não mora em Porto Alegre não tem idéia como está isso aqui. A foto ao lado é do treino de ontem onde cerca de 27 mil pessoas prestigiaram os 'galáticos' no final da tarde.
Se isso é bom ou ruim eu sinceramente não sei mas, pelo menos, vemos as pessoas unidas por alguma coisa. Gremistas, colorados, chimangos ou maragatos não importa. Nessa hora o importante é o Brasil - e isso é bom.
E quando digo que a noite é para esquecer dos problemas, é isso mesmo pois se formos pensar no salário dos jogadores, no preço do ingressos, nas despesas pessoais que foram sacrificadas por conta desse jogo, na "máscara" de alguns em campo e etc, ao invés de ver o jogo, nos jogaremos pela janela... Um excelente jogo para quem for ao estádio ou assistir pela TV... E com todo o respeito que merecem os peruanos mas se o Dunga não ganhar essa partida por um belo…