O bem por linhas tortas

O 'castigo' aos fumantes, que é bom, poderia ser ampliado a outros setores nocivos da sociedade.
O anúncio de ontem das decisões econômicas visando beneficiar construção civil, carros e motos vem em boa hora, como uma medida anticrise, traz em suas entrelinhas benefícios àqueles que se sentem prejudicados, no caso, os fumantes. É possível que estes ou reduzam seu consumo ou até mesmo cancelem seu uso o que seria muito bom.
Economicamente positiva, o pacote que reduz alíquotas de impostos - em alguns casos até zera - indiretamente faz um bem a saúde pública.
Poderia o governo fazer mais. Quem sabe reduzir o ICMS de alimentos da cesta básica e aumentar o dos destilados, por exemplo? Ou então reduzir impostos sobre remédios e aumentar o de materiais bélicos?
O governo, numa segunda análise, abre uma brecha para a solução de várias questões de cunho social, muito além do econômico. Basta querer!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fim de Octo

O primeiro mês do ano

Ontem (2016)