Amor


Certa vez perguntaram-me:
O que é Amor a primeira vista? Respondi:
-Amor a primeira vista foi o que senti pela Linda no dia 09/dezembro/1989 na danceteria New Hipoppótamus, quando a conheci e "fiquei" com ela - o termo não era esse mas serve para o entendimento atual - ela em Pelotas e eu em Rio Grande e apartir daquele dia não mais tirei-a da cabeça.

Perguntaram-me então:
O que é paixão? Respondi:
-Paixão é que senti pela Linda tão logo a conheci. Você pensa, respira, sua e vive intensamente a cara-metade. É fulgás, delirante e beira a doença.
-Ficar longe é triste, frio e demorado no entanto, ao vê-la no fim-de-semana não quer separar nunca mais...

Eis que me perguntam:
E amor? O que é simplesmente amor?
Essa demorou a ser respondida até porque esse sentimento é confundido com amor a primeira vista e com paixão. E só o tempo mostra que é. Passado esse longo período posso dizer com certeza:
-Amor é compreensão, conhecimento, fé, harmonia, respeito, veneração, carinho, afeto.
-É auto-conhecimento e conhecimento do outro, é relevar, perdoar, mudar.
-É ter uma filha linda, conviver com as diferenças. Ser diferente mas iguais -se é que me entende.
- Amor, é o que eu sinto pela Linda há quase 20 anos depois de conhecê-la e desses, 17 ano. Muito me orgulho de ter vivido tudo isso e termos conseguido atravessar todos os percalços da vida a dois.

Te amo Linda, e quero não só viver mais 17 anos ao teu lado. Quero continuar te conhecendo e me conhecendo e concluir que o amor que sinto é cada vez mais sólido e verdadeiro.

Parabéns e obrigado por tudo!
Te amo!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fim de Octo

O primeiro mês do ano

Ontem (2016)