Ainda o camelódromo

Novela interminável! Críticas, desconfianças e suspensões por enquanto, é o que se vê do CPC.
Não tem fim! Está mais fácil um camelo passar pelo buraco de uma agulha do que inaugurar o Centro Popular de Compras.
Desta vez, o entrave foi dado pelos bombeiros (leia +) que exigem:
- um degrau que dá acesso à Avenida Mauá.
- instalação de válvulas de gás coletivas em um local protegido e arejado.
Há ainda a questão da falta do "Habite-se".
Com isso não há mais data oficializada para a início das atividade - até porque viu-se que não adianta mesmo marcar.
É no meio disso tudo que os 830 camelôs estão se instalando e muitos já em atividades transformando o local numa 'zona': gente organizando, gente reclamando, gente barrando e gente tentando comprar algo...
My god!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fim de Octo

O primeiro mês do ano

Ontem (2016)