2009 poderá ser o ano das demissões

Embora o presidente Lula esteja pedindo para a população gastar, o noticiário econômico não é nada otimista em relação ao futuro próximo e o que está acontecendo já em 2008 poderá ficar pior no ano que vem.
As vendas do comércio ficaram aquém do ano passado de acordo com análises de muitos lojistas. As metas e propostas de expansão de grandes empresas foram reduzidas e a ameça de demissões em massa surge com força para 2009.
Advogados paulistas exigem cautela nesse sentido, eles sustentam que este procedimento pode sair mais caro do que manter o funcionário. Por outro lado, o lojistas de shopping centers, representados pela Alshop, a Associação Brasileira do setor, querem negociar a flexibilização dos direitos trabalhistas para evitar demissões revelando um cenário nebuloso para os próximos dias.
Ou seja, 2009 já começou a alguns meses e os executivos tem trabalhado a exaustão para evitar o pior. É preciso que estejamos atentos e conectados com atual momento econômico e principalmente com alternativas para não sermos surpreendidos com uma má notícia logo nos primeiros meses do ano novo.
Oremos!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fim de Octo

O primeiro mês do ano

Ontem (2016)