CPMF


Governo prepara nova CPMF


A área econômica do governo estuda a criação de novo imposto sobre movimentações financeiras e a elevação dos tributos sobre cigarros e bebidas para financiar os gastos com saúde. As alíquotas em estudo para a nova contribuição, uma espécie de reedição da CPMF, estariam entre 0,05% e 0,08%. A estimativa é que, se o Planalto optar pelo índice mais alto, poderá contar com pelo menos R$ 8,7 bilhões. A proposta que vem sendo articulada especialmente pelo PMDB deve ser apresentada amanhã pelo Ministério da Fazenda, que argumenta não haver sobras no orçamento para custear a regulamentação da emenda 29. A medida, já aprovada no Senado e que, provavelmente, passará na Câmara dos Deputados, obriga a União a aplicar, anualmente, 10% da receita bruta em saúde, de maneira escalonada, até 2011. O aumento da taxação sobre fumo e bebidas deve ser decidido pelo presidente Lula na reunião semanal de coordenação do governo.


fonte: Correio do povo


O governo não consegue viver sem esse "dinheirinho" ou é pura e simplesmente uma manobra para arrecadar mais?Não teriam outras alternativas como por exemplo, fechar as torneiras da corrupção?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fim de Octo

O primeiro mês do ano

Ontem (2016)