Teoria e prática

Uma estudante já no 6º semestre adorava pregar ser de esquerda, como é moda entre os universitarios. Ficava indignada com as desigualdades do capitalismo e não entendia como as teorias de Marx não eram utilizadas em sua plenitude. Acabou por pegar implicância com seu pai, um homem assumidamente de direita que segundo ela "se identificava com a politica nacional de opressão aos menos favorecidos e parecia apoiar uma injusta distribuição de renda.

Um belo dia, incitada pelos comentários de seus professores ela resoveu encarar o pai e começou a discursar a respeito de Marx e o materialismo social. No meio da conversa seu pai pergunta:
-Como vão as aulas?
-Bem, responde ela, estou um pouco cansada e não tenho vida social mas minha média é 9.
-E sua amiga Sônia, como vai? pergunta o pai.
-Ah,ela vai muito mal, sua media e 3. Não vai as aulas e vive em festas e fazendo compras.
O pai então sugere:
-Porque você não pede aos professores que transfiram 3 pontos de sua média para Sônia? Não seria um bom negocio para você mas ajudaria sua amiga a passar de ano e vocês teriam a mesma média.
-Nem pensar, disse a filha. Porque eu faria isso? Trabalhei muito pra ter essa média e não vou dar assim de mão beijada p/ela.
O pai calmamente disse:
-BEM VINDA A DIREITA MINHA FILHA...

Fonte: Ricardo Allen New Zelland.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fim de Octo

O primeiro mês do ano

Ontem (2016)