O perigo de levar vantagem em tudo.

A lei de Gérson é tão ou mais presente que a lei da física. Levar vantagem em tudo, é mais do que uma opção, É, infelizmente, um estilo de vida.
O jornal Correio do Povo na edição de hoje relata e mostra como é fácil conseguir, no centro de Porto Alegre, diplomas falsos. Basta desembolsar R$ 150,00 e o ensino médio está concluído. Veja bem, em um dia, ganha-se três anos.
Precisa de dinheiro e está com o nome sujo? A mesma facilidade é encontrada para se conseguir uma carteira de identidade e um talão de cheques com o nome que voçê quiser: -"Baratinho, baratinho"!
E pra quê pagar R$ 2,10 pela passagem do ônibus? Se, do outro lado do ponto, e, muitas vezes perto do embarque do coletivo, encontras fichinhas por R$ 1,70.
O que falar então dos: CDs, DVDs. Enquanto as lojas penam para vender uma obra por R$ 29,90 na promoção. Aquele lançamento que ainda nem chegou no mercado está ali, na tua frente, disponível por R$ 5,00.
Nenhum delito é aceitável. Alguns são até compreensíveis, como no caso dos CDs, por exemplo. Mas, o que choca, é que muitas pessoas procuram esses recursos, aquisição de documentos falsos, por exemplo, sem se importar com o prejuízo que estão causando a si e a sociedade.
Dizer que essas pessoas não sabem o que estão fazendo é 'tapar o sol com a peneira'.
Isso passa basicamente pelo nível de educação baixíssimo que temos no Brasil:
Educação moral e cívica (lembram?);
Cidadania;
E claro, consciência.
Enquanto isso não for mudado, levar vantagem em tudo corre o risco de deixar de ser um estilo de vida. Pode virar religião.
É esse o mundo que queremos para nossos filhos?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fim de Octo

O primeiro mês do ano

Ontem (2016)