Collor

ACREDITE! Collor tenta voltar à Presidência

Este é o título da matéria publicada na Isto é - Independente dessa semana em matéria assinada por Rudolfo Lago.

Alguns trechos:

"No período em que ficou fora do Senado, ele tratou de pavimentar um caminho que em muitos aspectos se assemelha ao que o levou à Presidência da República em 1989: construir em torno de si uma bandeira nacional que o leve de volta, em 2010, ao posto do qual foi catapultado com o impeachment em 1992. Quase 20 anos atrás, era o combate aos “marajás” do serviço público; agora, é a defesa da implantação do regime parlamentarista no Brasil."

"Se a imagem da mordomia era algo forte no imaginário do eleitorado há quase 20 anos, agora Collor avalia que o que incomoda é a sensação de permanente instabilidade política, com escândalos sucessivos. Em 1989, ele era o jovem, desconectado dos esquemas políticos tradicionais, que podia, assim, mudar a situação. Agora, ele quer construir a imagem do homem calejado, que foi vítima dessa instabilidade política e da pauta de escândalos que, agora, pode ter a solução para o problema."

Passado quase 20 anos da era Collor será no mínimo curioso saber como se dará sua campanha depois de tantos escândalos descobertos nos governos Lulla.
Embora acredite que Collor não se candidate, as discussões em torno de seu nome darão muito o que falar, não faltará quem o defenda e ainda o veja como o melhor para o Brasil.
No entanto, se não surgir algo novo, vai ser complicadíssimo ir às urnas em 2010.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fim de Octo

O primeiro mês do ano

Ontem (2016)