Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2008

Cotas!

Sou contra o sistema de cotas pelo menos do jeito que é feito aqui no Brasil.
Entendo sim, que precisamos de políticas sociais para equilibrar e dar oportunidades as minorias, mas, há formas de se fazer isso sem banalizarmos nem prejudicar ninguém.
Já escrevi sobre isso mas, o artigo abaixo que transcrevo é o que melhor traduz tudo o que penso, por isso gostaria de multiplicar essa informação com voçês:
Boa leitura:

Artigo:

Contra as cotas, a favor da igualdade dos brasileiros e do mérito

Marcel van Hattem, bacharel em relações internacionais

Não é justo que as desigualdades existentes em nossa sociedade, decorrentes de um grande número de fatores, sejam jogadas nas costas de uma minoria qualificada. O vestibular é um exame que classifica os pretendentes a vagas na Universidade pelo mérito. Logo, como qualquer concurso público, não pode valer-se de critérios subjetivos, muito menos discriminatórios, como o da cor da pele ou da origem escolar para determinar os classificados. Muitos estudante…

Cartões corporativos

Esse episódio que veio à tona, mostra a degradação que está o sistema político brasileiro. Gasta-se o nosso dinheiro em tudo que se pode imaginar: churrascarias, postos de gasolina, hotéis, motéis, festinhas, etc. É verdade, as vezes, até é gastos alguma coisa em encontros políticos. Ainda, 77% do dinheiro disponível, que não é pouco, é sacado no caixa eletrônico. Daí a festa no apê é garantida. Por aqui, no RS, revela-se diárias de R$ 570,00 pra qualquer destino. Dois dias e o sujeito leva mais de R$ 1.100,00....Tá bom pra você? Sabemos que existem parlamentares de boa fé e que não agem dessa forma, por isso, não podemos generalizar, mas que o quadro está contaminado, está. Eu, por exemplo, não saberia dizer o nome de 10 políticos honestos. Experimente fazer uma pesquisa no Google e veja o resultado. Em qualquer empresa privada, se voçê vai viajar, ou mesmo em um deslocamento dentro da cidade além de darem o dinheiro contado, tem que se justificar cada centavo. Vergonha na cara é o que f…

Paulo Feijó

Feijó diz que é hora de "olhar para o futuro"
Reunião entre vice e governadora Yeda termina em acordo entre os dois

Leandro Fontoura leandro.fontoura@zerohora.com
Depois de uma reunião de pouco mais de uma hora na ala residencial do Palácio Piratini, a governadora Yeda Crusius e o vice-governador selaram um pacto de convivência. Sem participar da gestão até agora por desentendimentos com a tucana, Paulo Feijó afirmou que o momento é de "deixar o passado para trás e olhar para o futuro". O vice-governador falou com a imprensa no final do encontro, em companhia do deputado federal Claudio Diaz, mensageiro de Yeda na tentativa de reaproximação com o vice. A governadora acompanhou a saída de Feijó, mas preferiu não conceder entrevista aos jornalistas. O vice afirmou que Yeda confirmou a viagem aos Estados Unidos no final do mês, na qual vai tratar da liberação de empréstimo de US$ 1 bilhão do Banco Mundial. Desde o início da gestão, ela evitava visitar outro país para não…

Dubai Cup

É bom esse time! Numa partida em que faltou arbitragem e sobrou porrada pro Nilmar o Inter simplesmente acabou com a Inter gringa. Se eles não dão bola, menosprezam o torneio,não gostam ou não precisam de dinheiro o problema é deles. Fica pra nós a exposição, comemoração e os louros de mais um título... Parabéns a todos os colorados!

Mais CPMF

Edição extra do Diário Oficial da União trará medidas para compensar fim da CPMF Será publicada ainda hoje (3), em edição extra do Diário Oficial da União, o decreto que estebelece o aumento do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), em 0,38% e a medida provisória que determina o aumento da alíquota da Contribuição Social sobre Lucro Líquido (CSLL) de 9% para 15%. A informação é da Casa Civil.
As medidas foram anunciadas ontem pelos ministros da Fazenda, Guido Mantega, e do Planejamento, Orçamento e Gestão, Paulo Bernardo, para compensara perda da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF), que foi rejeitada pelo Senado Federal em dezembro.
Com isso, o IOF passará a ter o mesmo percentual na CPMF sobre todas as operações de crédito, câmbio para exportar produtos e para serviços e operações de seguro. A mudança na CSLL abrange apenas o setor financeiro, como os bancos. Juntas, as duas medidas devem arrecadar cerca de R$ 10 bilhões. -->Fonte: Agência Brasil >>&g…

Empresas e salários!

Tenho 14 anos de empresa e vejo sua filosofia ir para o ralo.
Transparência, ética, bom senso e respeito tem faltado transformando equipes em marionetes alienados, macacos de repetição.
Em outros tempos pensava que devia a empresa pelas oportunidades e pela minha manutenção nela, hoje tenho convicção que tudo que sou, ou que fui, devo a mim mesmo e o sentimento de fidelidade que tinha, se foi há pelo menos, dois anos.
O salário reduz mês a mês e isso é prenúncio do que realmente querem as empresas. Como podem crescer ano após ano e o salário cair na mesma proporção? Comparo aqui, por exemplo, o meu salário com ele mesmo de acordo com o faturamento da empresa. Sem essa 'balela' de que -"o mercado aí fora tá brabo"...O mercado é ruim pra quem é ruim, o que, graças a Deus, não é o meu caso nem o de muito profissionais...
Minha história foi bonita e fiz grandes amigos que jamais esquecerei e o modelo de empresa que conheci fica na memória para que eu possa enfim, torná-l…